Sinal vermelho para as vans

Rio

Motoristas recorrem à Justiça contra novo sistema

TRANSPOR TE

Sinalvermelhopara asvans

Pr efeitura quer transpor te alter nativo apenas dentr o dos bair r os. Cooperativas r eclamam

Com o no v o sistema da pr efeitur a, as cooper ati v as vão ter que se tr ans - f ormar em empr esas par a poder contin uar e xistindo – criticou Lou - r eir o . – A gente só quer poder tr a - balhar , mais nada. Segundo a Secr etaria Municipal de T r ansporte, o STPL ser virá par a

Maria Luisa de Melo

Quatr ocentas mil pessoas que, segundo o Sindicato dos T r a balha v - dor es de V eículo de T r ansporte Al - ternati v o do Rio (Sintr al), usam dia - riamente o tr ansporte alternati v o par a o Centr o do Rio , não poderão mais usar v ans. Segundo pr ojeto da pr efeitur a criado par a r eor ganizar o tr ans- porte alternati v o em toda a c i- dade, as v ans e k ombis, que hoje competem com ônibus, terão uma no v a função . Serão destinadas apenas ao tr ansporte dentr o de bairr os ou r estrito a limites de- finidos pela pr efeitur a. Ao todo , o Rio conta hoje com 5.700 v ans par a atender diaria- mente a 1,5 milhão de cariocas. As licitações que vão culminar na substituição do T r ansporte Espe - cial Complementar pelo Ser viço de T r ansporte Público Urbano Local (STPL) começar am em junho . Na Zona Oeste, as empr esas que vão oper ar no v e dos 11 lotes da r egião já f or am escolhidas. A Zona Norte é a próxima da lista da pr e - feitur a a ser licitada. J untas, as duas corr espondem a 60% do tr ansporte alternati v o de toda a cidade. P ar a o porta-v oz da Secr etaria Municipal de T r ansportes, Aff o n- so Nunes, o que a pr efeitur a quer é pôr or dem no tr ansporte pú- blico da cidade. – Hoje, as v ans f az em o itinerário que quiser em. Com a instalação do STPL, elas vão ter seu tr ajeto fixado pela pr efeitur a e terão que r espei - tá-lo – an unciou. – Só tr ansportarão passageir os a curtas distâncias, e os v eículos terão que ter pelo menos 15 lugar es. Motorista do tr ajeto Gar dênia Azul (J acar epaguá) - Madur eir a e pr esidente do Sintr al, Sér gio Lou- r eir o r eclama do f ato de a con- cessão ser dada apenas a pessoas jurídicas e não físicas, como acon- tece hoje. – Nós (motoristas de v ans) de - fendemos uma licitação nos moldes da lei 3.360, de 2002, que permite a concessão de linhas de tr ansporte alternati v o par a pessoas físicas.

or ganizar o que esta v a “fr ouxo” desde administr ações anterior es e não par a desempr egar motoristas. – V an agor a v ai ser par a pegar passageir os de ár eas car entes e tr a - z er par a locais onde passem os ôni - bus. A disputa entr e v ans e ônibus v ai aca bar – concluiu Nunes.

Vítor Silva

MUDANÇA

– V ans da cidade terão trajeto r estringido pela pr efeitura.

Descontentes com o Choque de Or dem que v ai incidir sobr e o tr ansporte alternati v o da cidade, os pr esidentes de cooper ati v as de v ans, por meio do sindicato da classe, entr ar am com duas ações na J ustiça. As ações têm como objeti v o im- pedir que a pr efeitur a conceda as linhas de v ans apenas par a pes- soas jurídicas, contr ariando a Lei 3.360 que r egulamenta o T r ans- porte Especial Complementar (TEC) e determina que o mesmo de v e ser oper ado por tr a balha- dor es autônomos. P ar a o pr esidente do Sindi - cato dos T r a balhador es de V eí - culo de T r ansporte Alternati v o do Rio de J aneir o (Sintr al), Sér - gio Lour eir o , a medida da pr e - feitur a é uma co v ar dia. – Estamos aguar dando o a nda- mento das ações e esper amos que o par ecer seja f a v oráv el – comen- tou Lour eir o . – A s cooper ati v as não podem tornar -se empr esas par a poder oper ar . Com o decr eto que criou o m o- delo STPL, ficou esta belecido que os oper ador es só podem par- ticipar da concorrência na con- dição de pessoa jurídica e se f o - r em ligados a uma cooper ati v a que v enha atuando no TEC.

Novo visual

As m udanças no tr ajeto não são as únicas às quais de v erão se sub- meter as v ans. Quando o STPL f or instalado , os v eículos terão de ter a inscrição “STPL ” na tr aseir a, fr ente, later ais e capota superior e xterna e lo gomar ca da pr efei- tur a nas duas later ais. Na tr aseir a de v erá constar o telef one de sugestões e r eclama- ções da SMTR.

Os veículos terão a inscrição “STPL” na traseira, fr ente, laterais e capota superior exter na. A logomar ca da pr efeitura vai apar ecer nas duas laterais, e o telefone de sugestões e r eclamações da SMTR virá na traseira dos veículos