Com UPP , bandidos ganham a vida no asfalto, diz policial

-->VIOLÊNCIA-->T raficantes de ár eas já pacificadas estariam por trás dos ar rastões que assustam os cariocas-->Maria Luisa de Melo-->– As com unidades que ainda não r ece ber am UPPs estão a brigando tr aficantes que ti v er am de a ban - donar suas com unidades com a pa - cificação . M as a r ecepção não é de g r aça. Os c hefões mandam os g ru - pos par a as ruas le v antar dinheir o por meio de arr astões. A declar ação de um dos in v e s- tigador es que tenta identificar os assaltantes que agir am no arr as- tão do Ele v ado Engenheir o F r e y s- sinet, mais conhecido como P aulo de F r ontin, no Rio Comprido (Zo- na Norte) e xplica a onda de ata- ques de crimininosos à qual mo- toristas cariocas estão sendo sub- metidos há duas semanas. Primeir o f oi a v ez da A v enida P astor Martin Luther King (Zo - na Norte), depois a Estr ada do J oá e o Le blon (Zona Sul). On - tem e anteontem, sete pessoas que passa v am com seus auto - móv eis pelo ele v ado f or am sur - pr eendidas por criminosos, que r oubar am pertences pessoais e carr os das vítimas. A e xplicação de um g rupo de policiais da 6ª DP (Cidade No - v a) é clar a: – Os bandidos que ti v er am suas f a v elas ocupadas não podem ficar de g r aça nas que não são ocu- padas – declar ou um dos inpe- tor es da delegacia distrital. – Eles r ece bem or dens par a sobr e vi v er pr aticando assaltos, já que não há empr ego par a todos eles no trá- fico de dr o gas. Depois do segundo arr astão , por v olta das 7h30, policiais ci vis da 6ªDP , com apoio de agentes da Coor denadoria de Oper ações e Recur sos Especiais (Cor e), inicia- r am uma oper ação no Morr o da Mangueir a, em São Cristóvão , em busca dos v eículos r oubados. P ar a a polícia, o que houv e f oi uma fusão de tr aficantes dos Mor- r os F allet e F o gueteir o , em Santa T er esa, com os da Mangueir a par a pr aticar os arr astões. Dois dos carr os r oubados du- r ante o assalto f or am encontr ados no interior da f a v ela. Um deles não pôde ser r etir ado do morr o , de vido a intensa tr oca de tir os com os tr aficantes locais. A escolha da entr ada do Tú - nel Re bouças par a a prática do crime f oi classificada pela po - lícia como oportuna . – Os bandidos não são bobos. Eles sa bem que manter uma via - tur a na entr ada do túnel é difícil – e xplicou o delegado Luiz Al - berto de Andr ade. – Eles sem - pr e corr em par a os lugar es onde há menos policiamento . Pr ocur ada ontem, a P olícia Mi - litar inf ormou que v ai r ef orçar o policiamento no Ele v ado P aulo de F r ontin, o que também está sendo feito em outr as vias da cidade onde os bandidos atacar am motoristas.-->VÍTIMAS -->– Motoristas assaltados tentaram r econhecer criminosos. Apenas uma delas teve o car ro r ecuperado pela políciaFotos de Vítor Silva-->A T AQUE -->– Desta vez, a via escolhida por criminosos para os assaltos foi o Elevado Paulo de Fr ontin