Comandante de UPP anuncia projetos para a favela

-->Com mais de 20 mil mor ador es, segundo a Secr etaria de Segur an- ça, o M orr o do Bor el v ai ganhar , depois de seis meses de pacifi- cação e esper a, aulas de fute bol, jiu-jítsu e um clube de escoteir o . Até agor a, nenhum pr ojeto des- se tipo , já e xistente em outr as f a v elas pacificadas, f oi via biliza- do par a as crianças do Bor el. O capitão Bruno Amar al, que comanda os 290 homens que po- liciam a f a v ela, an unciou ontem que as inscrições par a 300 v agas par a aulas de fute bol começam hoje. A oficina v ai ser ministr ada por policiais militar es pr ofesso- r es de educação física. As outr as duas ati vidades mencionadas pelo comandante Amar al ainda não têm data de início pr e vista. Questionado sobr e os empeci - lhos par a a instalação dos pr ojetos sociais par a mor ador es da com u - nidade, o comandante assegur ou que, ainda este ano , as ações de inclusão vão sair do papel. – T emos uma par ceria com a F irjan, que v ai ar car com o ma - terial esporti v o par a as aulas, e até o fim deste ano , a brir emos inscrições par a as três ati vida - des – afirmou. – A escolinha de fute bol a br e inscrições hoje, com 300 v agas.-->Canal dir eto-->A UPP do Bor el, que atende a sete com unidades contíguas, dis- põe de númer os de telef one par a r ece ber denúncias e p edidos de seus mor ador es. Aqueles que ti v er em r eclama - ções, como atr aso no r ecolhimento de lixo e f alta de iluminação , podem ligar par a 2332-1604 ou 2332-1605 e pedir ajuda aos pacificador es.