Mostras de Cinema e Sessões Extras - 19  a 25 de agosto

ADAPTAÇÃO: A LITERATURA NO CINEMA

ASSIM VIVEMOS 

CURTA NO ALMOÇO

DELEUZE / GUATTARI 

PROJETO MÚSICA NA TELA

SESSÃO CINÉTICA: NANNI MORETTI E  PHILIPPE RAMOS 

STEVE MCQUEEN / JAMES STEWART 

ADAPTAÇÃO: A LITERATURA NO CINEMA - Com curadoria e produção da atriz Leandra Leal, da jornalista Carolina Benjamin e dos roteiristas Rita Toledo e  Lucas Paraizo, o festival é dedicado à relação da literatura com a  cinematografia latino-americana reunindo produções do México, Argentina, Cuba e Brasil em sessões raras ou inéditas. As exibições dos filmes serão seguidas de debates com diretores, roteiristas e escritores nacionais e internacionais. Caixa Cultural, Av. Almirante Barroso, 25, Centro (2544-4080).  R$ 4 e R$ 2 (meia). Filmes/ Cinema 1 (85 pessoas). R$ 4 e R$ 2 (meia). Debates / Cinema 2 (85 pessoas): 5ª, 6ª e sáb. Grátis.  Espaço Sesc, Rua Domingos Ferreira, 160, Copacabana (2547-0156). Cap.: 50 pessoas. Debates: 3ª e 4ª, às 18h e 20h. Grátis. 

>> Confira aqui a programação do festival 'Adaptação: a literatura no cinema'

ASSIM VIVEMOS – 5º FESTIVAL INTERNACIONAL DE FILMES SOBRE DEFICIÊNCIA -  O festival reúne produções nacionais e internacionais sob uma nova ótica: a da inserção social das pessoas com deficiência. A única mostra brasileira dedicada ao tema, traz  28 filmes de 12 países com abordagens e estéticas variadas, curtas, médias e longas-metragens nas categorias ficção e documentário, todos com o tema da inclusão. Completam a programação, quatro debates, reunindo pessoas com deficiência, profissionais especializados, professores universitários ediretores de cinema. O festival também oferece todas as acessibilidades, como: audiodescrição, catálogos em Braille, legendas Closed Caption, interpretação em LIBRAS nos debates e salas de cinema acessíveis a cadeirantes. Sesc Madureira, Rua Ewbanck da Câmara, 90, Madureira (3350-7744). Grátis. Livre. Sesc Ramos, Rua Teixeira Franco, 38, Ramos (2290-4003).  Grátis. Livre. 

>> Confira aqui a programação do festival 'Assim vivemos'

CURTA NO ALMOÇO – Em sua nona edição, a mostra traz a produção de curtas nacionais, entre animações e ficções,  em sessões gratuitas de até 25 minutos, de terça a sexta na hora do almoço. Na última semana (30 de agosto a 2 de setembro, exibição de reprises de filmes com base na votação do público. 3ª: Praça Tiradentes, de José Joffily (RJ, 1977. 10 min). O curta-metragem  é um olhar sobre a vida noturna e a efervescência cultural de um dos pontos mais importantes e históricos do centro do Rio de Janeiro + Proibido parar, de Christian Caselli (RJ, 2011. 6’30”).  Estranho flagrante que mostra bem o clima de "choque" que vem passando a cidade do Rio de Janeiro. 4ª: Temporão, de Felipe Carrelli  (SP, 2011. 19 min)  Uma experiência rápida e intensa. Como um estalo. Essa sensação de já ter visto isso antes... Um deja vu! 5ª: Vuvuzelas de Madureira, de Vitor Medeiros (RJ, 2010. 17 min).  A família Gurgel está ansiosa para a estréia do Brasil na Copa do Mundo de Futebol + A pessoa do cachorro, de Alexandre Dacosta (RJ, 2010. 3min).  Uma mulher com um cachorro em um carrinho de bebê, fala com outra que está com uma criança, sobre sua relação amorosa com os caninos. 6ª: O gigante de papelão, de Barbara Tavares (RJ, 2010. 12 min).  Papelão, usa materiais descartados e lixo, para recriar casas, favelas e cidades inteiras. Seu trabalho propõe uma verdadeira reciclagem no olhar + O último dia, de Christopher Faust Pereira (PR, 2010. 12’22”). Toni irá se mudar. Decide passar seu último dia na cidade bebendo com seus amigos de infância. Caixa Cultural, Av. Almirante Barroso, 25, Centro (2544-4080). Cinemas 2: 85 pessoas. Sessões: 3ª a 6ª: 12h30, 13h, 13h30. R$ 0, 01, com retirada dos ingressos meia hora antes da sessão. 16 anos. Acesso para portadores de necessidades especiais. Até 2 de setembro. 

DELEUZE / GUATTARI - Com curadoria de Ruy Gardnier, a mostra pretende examinar os efeitos das obras dos pensadores  Gilles Deleuze (1925-1995) e Félix Guattari (1930-1992) sobre o cinema, a literatura e as artes plásticas. Nesta quinta, às 18h30,  exibição de Uma mulher sob influência, de John Cassavetes. Com Gena Rowlands, Matthew Cassel. Nick Longhetti está sobrecarregado com seu trabalho em um estaleiro e com sua esposa, que vive em constante desequilíbrio emocional, que a leva à depressão (EUA, 1974. Legendas em português. 2h35. 14 anos). Cinemateca do MAM, Av.Infante Dom Henrique, 85, Centro (2240-4944). R$ 5 e  R$ 2 (maiores de 60 anos e estudantes maiores de 12 anos). 5ª (26/08), às 18h30. Grátis para os  amigos do MAM e crianças até 12 anos. O ingresso das exposições do MAM dá direito a uma sessão gratuita de cinema, válida no dia da emissão do ingresso.

PROJETO MÚSICA NA TELA – Exibição de Loki, de Paulo Henrique Fontenelle e Fausto Fawcett. Cinebiografia do músico Arnaldo Baptista, ex-integrante dos Mutantes, contada através de um quadro traçado pelo próprio artista. A pintura é intercalada com imagens históricas que remetem aos principais momentos de sua trajetória artística, que fizeram dele um dos grandes nomes do rock brasileiro. Depoimentos de Tom Zé, Nelson Motta, Gilberto Gil, Sean Lennon, entre outros. O debate que acontece após a exibição do filme traz o diretor Paulo Henrique Fontenelle, com mediação do crítico de cinemaRodrigo Fonseca e do jornalista e crítico musical Tárik de Souza. Oi Futuro Ipanema, Rua Visconde de Pirajá, 53, Ipanema (3201-3010). 5ª, às 19h. Grátis. Livre. Distribuição de senhas meia hora antes da exibição.  

SESSÃO CINÉTICA: NANNI MORETTI E  PHILIPPE RAMOS - A sessão em parceria com a  revista eletrônica Cinética, abre espaço para a reflexão e apreciação de filmes fora do circuito exibidor tradicional.  Nesta quinta, a sessão dupla traz, às 17h,  Aprile, de Nanni Moretti (Itália, 1988. 1h18. 14 anos), e, às 19h,  Capitão Achab, de Philippe Ramos (França/Suécia, 2007. 1h40. Livre. Após a segunda, sessão debate com críticos da revista. Instituto Moreira Salles, Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea (3284-7400). Cap.: 113 pessoas. 5ª, às 17h e 19h.  R$ 10 e R$ 5 (meia entrada). 

STEVE MCQUEEN / JAMES STEWART - A mostra reúne  obras estreladas por dois expoentes do cinema americano: Steve McQueen e James Stewart. Os 15 filmes das décadas de 1940 a 1970 propõem uma  análise sobre o estilo de interpretação dos dois atores, que representam seus papéis de forma mais contida e ajudam o espectador a entrar na trama e se projetar na figura do herói.  Janela indiscreta, de  Alfred Hitchccock. Com James Stewart e Grace Kelly (EUA, 1954. 1h54. 14 anos /  4ª, às 15h45).  Junior Bonner, de Sam Peckinpah. Com Steve McQueen, Robert Preston, Ida Lupino (EUA, 1972. 1h40. 16 anos. legendas em espanhol / 4ª, às 18h). Os implacáveis, de Sam Peckinpah. Com Steve McQueen e Ali MacGraw (EUA, 1972, 2h02. 14 anos / 4ª, às 14h).  Um corpo que cai, de Alfred Hitchcock. Com James Stewart e Kim Novak (EUA, 1958. 2h08. 14 anos / 4ª, às 20h). Anatomia de um crime, de  Otto Preminger. Com James Stewart, Lee Remick, Ben Gazzara (EUA, 1959. 2h40. 16 anos / 5ª, às 14h). Instituto Moreira Salles, Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea (3284-7400). Cap.: 113 pessoas.  R$ 10 e R$ 5 (meia entrada).