Programação de Teatro - 22 a 28 de julho

As estreias e as peças em cartaz nos teatros cariocas, espetáculos de dança, mostras e festivas de teatro

TEATRO/ESTREIA

AntígonaCreonte - Espetáculo da  Cia. Teatro do Pequeno Gesto. Direção de Antonio Guedes. Dramaturgia de Fátima Saadi.  Música: Paula Leal e Amora Pêra. Vídeo: Rico Vilarouca e Renato Vilarouca. Com Vilma Melo, Gustavo Ottoni e Mariana Oliveira. A partir do texto 'Antígona', de Sófocles, o espetáculo faz uma abordagem diferente econtemporânea da tragédia grega, na qual na qual os dois personagens centrais se tornarão lados igualmente fortes de um embate. Teatro Gláucio Gill, Praça Cardeal Arcoverde, s/nº, Copacabana (2332-7904). Cap.: 104 pessoas. Sáb. a 2ª, às 21h. R$ 20. Estudantes e maiores de 60 anos pagam meia. 12 anos. Duração: 45 minutos. Até 1º de agosto. Estreia no sábado (23/07).

TEATRO/REESTREIAS

NINGUÉM FALOU QUE SERIA FÁCIL – Criação do  grupo Foguetes Maravilha. Texto de Felipe Rocha.  Direção de Alex Cassal e Felipe Rocha. Com Felipe Rocha, Renato Linhares e Stella Rabello. O espetáculo lança um olhar ácido e bem-humorado sobre o fluxo da vida, com personagens e situações que falam das angústias humanas desde a infância até a vida adulta. Teatro Gláucio Gill, Praça Cardeal Arcoverde, s/nº, Copacabana (2332-7904). Cap.: 104 pessoas. 5ª e 6ª, às 21h. R$ 30. Estudantes e maiores de 60 anos pagam meia. 16 anos. Duração: 1h30. Até 26 de agosto.  Cotação /Daniele Ávila: **** (Excelente)Reestreia na quinta (28/07)

TEATRO / FESTIVAL

FESTLIP – FESTIVAL DE TEATRO DA LÍNGUA PORTUGUESA 2011 – Em sua quarta edição, o festival que tem por objetivo promover o intercâmbio teatral entre países da língua portuguesa,  traz para o público carioca espetáculos teatrais inéditos, todos com entrada franca, de países como Portugal, Angola, Cabo Verde, Moçambique e Brasil, totalizando 40 apresentações, em meio a uma programação que inclui ainda oficinas, debates, palestras, exposição de fotografias, shows e uma mostra gourmet no restaurante 00 Cozinha Contemporânea. As apresentações estão  distribuídas nos teatros Carlos Gomes, Nelson Rodrigues,  Ziembinski,  Espaço Sesc, Sesc Tijuca e Sesc Rio Casa da Gávea. 

>> Confira aqui a programação completa do Festlip

4º FESTIVAL NITERÓI DE ESQUETES -  Na sua quarta edição, o festival reúne atores, atrizes e diretores de todo o país com esquetes de vários gêneros teatrais como comédia, drama, tragicomédia, dança-teatro, entre outros, mostrando um panorama do teatro brasileiro. Teatro Municipal de Niterói, Rua XV de Novembro, 35, Centro, Niterói (2620-1624). Cap.: 400 pessoas. 5ª (28/07) a dom. (31/07), às 19h. R$ 30. Estudantes e maiores de 60 anos pagam meia. Livre. Duração: 3h.

TEATRO / EXTRAS 

COMPLEXO DUPLO – O projeto idealizado pelo diretor e ator Felipe Vidal e pela tradutora e crítica teatral Daniele Ávila ocupa o teatro com  espetáculos teatrais e atividades formativas e de reflexão sobre a prática artística e seus modos de produção. ProgramaçãoSolos acompanhados, com a Cia. Teatro Íntimo. Com o objetivo de aproximar o espectador do processo de criação de um espetáculo teatral, a companhia apresenta  oito solos inspirados em diversos autores como Caio Fernando Abreu, João Cabral de Melo Neto, Oscar Wilde e o autor da companhia, Tarcísio Lara Puiati. (sáb. e dom., às 19h. Duração: 50 min.  R$ 20 e R$ 10 (meia-entrada). 16 anos. Até 14/08.). AntígonaCreonte, com a Cia. Teatro do Pequeno Gesto (ver mais informações no roteiro). Revista Folhetim: lançamento da edição especial da revista Folhetim, com um dossiê de críticas a espetáculos de Nelson Rodrigues de 1942 a 2009. Mesa-redonda com os diretores Ana Kfouri e Marco Antônio Braz (4ª (27/07), às 20h. Grátis). Ninguém falou que seria fácil. Com o Grupo Foguetes Maravilhas (ver mais informações no roteiro). Teatro Gláucio Gill, Praça Cardeal Arcoverde, s/nº, Copacabana (2332-7904). Cap.: 104 pessoas. Dias, horários, censura  e preços: ver acima. 

CLUBE DA CENA  UNPLUGGED –  O projeto idealizado pela autora e atriz Cristina Fagundes envolve autores,  diretores e atores de diversos grupos e trabalhos ligados à comédia, como o Teatro do Nada, Surto, Poutpourrir, Zorra Total, Inanimados, Tablado, entre outros. Nesta edição, a cada semana serão criadas cenas a partir de músicas de grandes  compositores da música brasileira. Nesta sexta (22/07), as cenas serão criadas a partir de músicas de Caetano Veloso. Teatro Municipal Maria Clara Machado,  Planetário da Gávea, Av. Padre Leonel Franca,  240, Gávea ( 2274-7722). Cap.: 140 pessoas. 6ª, às 21h. R$ 30. Estudantes e maiores de 60 anos pagam meia. 14 anos. Duração: 1h10. Até 2 de setembro. 

NOVA DRAMATURGIA BRASILEIRA - Os curadores Carla Mullulo e João Braune convidaram os escritores João Paulo Cuenca, Xico Sá, Joca Reines Terron e André de Leones, que nunca escreveram dramaturgia, para produzir seus primeiros trabalhos para o teatro. Os textos ganharam livre interpretação dos  diretores Pedro Brício, Cristina Moura, Fernando Yamamoto e Haroldo Rego. A cada semana será apresentada uma montagem diferente. Neste fim de semana,  “Concerto para quatro vozes e alguma memória”de André Leones com direção de Cristina Moura. Com Branca Messina, Raquel Rocha, Marina Vianna e Pedro Henrique Monteiro. A peça mostra o presente e o passado de dois casais que exploram o desconhecido e instigante universo da memória (Duração: 1h. 6ª (22/07) a sáb. (23/07), às 21h30; dom. (24/07), às 20h).  A seguir entra em cena, "Terror" , drama cômico de João Paulo Cuenca. Direção de Pedro Brício. Com João Velho e Nina Morena. O encontro entre dois amantes num apartamento no Rio de Janeiro no dia 11 de setembro de 2001. Ela, que mora em Nova York com o namorado, está com a volta marcada para o dia seguinte. A queda das Torres Gêmeas provoca uma crise entre os dois, gerando conflitos e dúvidas sobre qual será o futuro de ambos  (Duração: 50 minutos. 5ª (28/07) a sáb. (30/07), às 21h30; dom. (31/07), às 20h).  Espaço Sesc / Mezanino, Rua Domingos Ferreira 160, Copacabana (2547-0156). Cap.: 80 pessoas. 5ª, 6ª e sáb., às 21h30; dom., às 20h. R$ 20. Estudantes, jovens até 21 anos e maiores de 60 anos pagam meia. Comerciários associados: R$ 5. 14 anos. Até 7 de agosto. 

TEATRO/ ÚNICAS APRESENTAÇÕES

DANILO GENTILI - VOLUME 1 – Texto, direção e atuação de Danilo Gentili. O humorista e escritor Danilo Gentili, conhecido por sua atuação no programa CQC – Custe o Que Custar , faz show de stand up comedy a partir de críticas bem-humoradas do cotidiano e de suas próprias experiências. Teatro das Artes, Shopping da Gávea, Rua Marquês de São Vicente, 52, 2º piso, Gávea (2540-6004). Cap.: 457 pessoas. Sáb., às 21h; dom., às 20h. R$ 70.  Estudantes e maiores de 60 anos pagam meia. 14 anos. Duração: 1h. Únicas apresentações. 

TEATRO/GRÁTIS

O BELO REI –  Espetáculo do Teatro de Roda. Direção e dramaturgia: Mariozinho Telles. Espetáculo interativo onde o público canta, dança e representa, junto com o elenco, em busca de um entendimento comum do tema proposto. A história O belo rei, remete à sensibilidade masculina com o objetivo de rever alguns padrões formadores da personalidade e do caráter do menino, do rapaz e do homem.   Parque Garota de Ipanema, Arpoador, Ipanema. Dom. (17/07), às 10h. Grátis. Livre. Quadra da Associação de Moradores da Tavares Bastos, Rua Tavares Bastos 414, Catete. Dom. (24/07), às 17h. Grátis. Livre. 

DADOS VARIÁVEIS - Com dramaturgia criada pelo ator e diretor André Garcia Alvez, que parte da arte da oralidade, improviso e comicidade dos camelôs e artistas populares. A apresentação funciona como um jogo de dados: o espectador lança o dado para sortear um número. No cardápio, existem duas opções de cena para cada face do dado, totalizando doze cenas. O espectador, que neste momento já se tornou um jogador, terá de escolher uma entre as duas opções e também poderá participar atuando das situações. Praça Quinze, 6ª, às 16h. Grátis. Central do Brasil, sáb., às 10h. Grátis. Quinta da Boa Vista, dom., às 10h. Grátis. Livre.  

ENSAIOS PRÁTICOS ABERTOS – UMA PESQUISA A PARTIR DA OBRA DE ANTON TCHEKHOV – Na pesquisa para a montagem do texto A Gaivota, de Anton Tchekhov, o diretor e Bruno Siniscalchi promove ensaios abertos com a presença de um pesquisador/criador de diferentes áreas com o objetivo de ampliar a visão sobre o conteúdo da obra. Nesta sexta, o convidado é o físico e cosmólogo Luiz Alberto Oliveira.  Centro Cultural Municipal Parque das Ruínas, Rua Murtinho Nobre, 169, Santa Teresa (22243922 / 2215-0621). Cap.: 80 pessoas. 6ª, às 19h.  Livre. Grátis. 

ÓPERA

NABUCCO - Primeiro grande sucesso de Giuseppe Verdi, a ópera Nabuco será apresentada em sua versão integral, em montagem assinada por André Heller-Lopes e com elenco inteiramente brasileiro. Nos papel do protagonista se revezam os barítonos Rodrigo Esteves e Rodolfo Giuliani, Eliane Coelho (soprano), Sávio Sperandio (baixo), Marcos Paulo (tenor), Eric Herrero (tenor) e Denise Freitas (mezzo-soprano). A direção musical e regência do maestro Silvio Viegas, à frente da Orquestra e Coro do TMRJ. Cenários de Renato Theobaldo, figurinos de Marcelo Marques e iluminação de Fábio Retti. Com libreto de Temistocle Solera, a ópera é um drama lírico, centrado na figura de Nabuccodonosor II, Rei da Babilônia, conhecido pela conquista do Reino de Judá e pela destruição de Jerusalém, além de suas monumentais construções, entre elas os Jardins Suspensos da Babilônia, que ficou conhecido como uma das sete maravilhas do mundo antigo.  Theatro Municipal do Rio de Janeiro,  Praça Floriano, s/nº,  Centro (2299-1711). Cap.:  2.244 pessoas. 5ª (21/05), sáb. (23/07), 4ª (27/07) e 6ª (29/07), às 20h; dom. (31/07), às 17h.  R$ 25 (galeria), R$ 60 (balcão superior),  R$ 84  (platéia e balcão nobre) e R$ 504 (frisas e camarotes com seis lugares). Estudantes e maiores de 60 anos pagam meia. Livre. Duração: 180 minutos (incluído dois intervalos de 20 minutos). Estreou na quinta (21/07).

DEBATES E LEITURAS

CICLO LEITURA DRAMATIZADA –  Leitura da peça “Vamos soltar os demônios", de Dias Gomes. Com direção de Ricardo Sanfer, o texto escrito em 1969, no contexto da ditadura militar, se passa em um apartamento que serve para encontros amorosos entre o doutor Moura e sua secretária, Vera. O que o casal não esperava era se deparar no apartamento com o jornalista intelectual Sérgio Pontes que, vestido de padre, foge da repressão dos militares. O constrangimento se agrava quando entra em cena a mulher do Dr. Moura. Teatro Municipal de Niterói, Rua XV de Novembro, 35, Centro, Niterói (2620-1624). 3ª, às 19h. Grátis, com distribuição de 200 senhas 30 minutos antes do início. Livre. 

TEATRO/EM CARTAZ

3 MULHERES, 1 DESTINO - Texto e direção de Fabrisio Coelho. Com Flavia Sequeira, Rita Luz e Claudia Cabral. As lembranças e novos valores de três amigas que viveram intensamente as transformações políticas e sociais dos anos 80. Teatro Princesa Isabel, Av. Princesa Isabel, 186, Copacabana (2275-3346). Cap.: 320 pessoas. 6ª, às 20h.   R$ 40. Estudantes, professores e maiores de 60 anos pagam meia.  12 anos. Duração: 1h20.  Até 29 de julho.  

ADULTÉRIO – Criação coletiva da  Cia Atores de Laura. Direção e dramaturgia de  Daniel Herz. Com Ana Paula Secco, Anderson Mello, Leandro Castilho (5ª), Luiz André Alvim (6ª a dom.), Marcio Fonseca, Paulo Hamilton e Verônica Reis. Inspirado no universo do autor teatral Luigi Pirandello, além de levantar a questão da infidelidade conjugal, com todas as suas nuances e  consequências, o espetáculo convida à reflexão típica de Pirandello: o que, afinal, é a realidade e o que é a representação? Teatro Leblon / Sala Fernanda Montenegro, Rua Conde Bernadote, 26, Leblon (2529-7700). Cap.: 417 pessoas. 5ª a sáb.,  às 21h;  dom., às 20h. R$ 50 (5ª e 6ª) e R$ 60 (sáb. e dom.). Estudantes e maiores de 60 anos pagam meia. 14 anos. Duração: 1h20. Até 31 de julho. Cotação: Claudia Chaves: *** (Ótimo). Teresa Mascarenhas: *** (Ótimo).

ANTES DA COISA TODA COMEÇAR - Dramaturgia de Maurício Arruda Mendonça e Paulo de Moraes  Direção de Paulo de Moraes. Direção Musical de Ricco Viana. Com Patrícia Selonk, Thales Coutinho, Simone Mazzer, Ricardo Martins,Marcelo Guerra, Simone Vianna e Verônica Rocha. O espetáculo da Armazém Companhia de Teatro traz personagens que atravessam processos distintos e vivenciam diferentes situações marcadas pelos impasses da vida e os impasses da morte, seguindo na tentativa de não se acomodarem diante das regras do mundo. Espaço Armazém – Fundição Progresso, Rua dos Arcos, 24,Lapa (2210-2190). 5ª a dom., às 20h. R$ 30. Estudantes e maiores de 60 anos pagam meia. 16 anos. Duração: 1h40. Até 14 de agosto. Cotação: Teresa Mascarenhas: * (Regular).

ASTRONAUTAS - Concepção e direção geral de Maria Borba.Vídeos Maria Borba e Sofia Karam. Música Dany Roland e Augusto Mauboisson. Intervenções de Augusto Maulboisson, Dany Roland e  Maria Borba. A partir de textos de pensadores, cientistas e artistas e do encontro do teatro com a música, cinema e artes plásticas, o espetáculo aborda questões existenciais que inquietam o homem.  Centro Cultural Municipal Parque das Ruínas, Rua Murtinho Nobre, 169, Santa Teresa (2224-3933 / 2215-0621). Cap.: 74 pessoas. 6ª e sáb., às 20h; dom., às 18h30. R$ 5.  Livre. Duração: 1h15.  Até 31 de julho. 

A/VERSÃO – Texto de Mariana Rebelo. Direção de Rodrigo Sant’anna. Com Leandro Lamas e  Mariana Rebelo. A trajetória do casal Nick e Julie, dois personagens de um filme – uma comédia romântica.  Do primeiro encontro até a separação, tudo é contado em esquetes cômicos sempre em duas versões: a dele e a dela.  Teatro Candido Mendes, Rua Joana Angelica, 63,  Ipanema (2267-7295). Cap.: 133 pessoas. 5ª a sáb., às 21h; dom., às 20h. Ingresso para casal: R$ 30. Ingressos individuais: R$ 30 (5ª e 6ª) e R$ 40 (sáb. e dom.). Estudantes e idosos pagam meia. 14 anos. Duração: 1h10. Até 31 de julho. 

BABY – Texto original de  Sybille Pearson. Letras: Richard Maltby Jr. Música: David Shire. Versão brasileira de Flávio Marinho e Tadeu Aguiar. Direção de Fred Hanson. Direção musical: Liliane Secco. Coreografia: Kátia Barros. Com Tadeu Aguiar, Amanda Acosta, Sylvia Massari, André Dias, Sabrina Korgut, Olavo Cavalheiro e elenco. O musical conta a história de três casais: dois jovens universitários que tem que lidar com uma gravidez inesperada; um casal na faixa dos 35 anos que deseja uma criança; e outro,  com filhos já criados, que são surpreendidos com um temporão.  A chegada do bebê provoca  diferentes reaçãoes, crises, dores e alegrias entre os casais. Teatro João Caetano, Praça Tiradentes, s/nº, Centro (2332-9257). Cap.: 1.222 pessoas.  5ª a   sáb.,  às 20h; dom., às 18h. R$ 50 (5ª e 6ª) e R$ 70 (sáb. e dom.). Estudantes e idosos pagam meia. Vendas na bilheteria somente em dinheiro. Livres.  Duração: 2h30 (com intervalo). Até 14 de agosto. Cotação: Claudia Chaves: ** (Bom)Teresa Mascarenhas: ** (Bom).

BENT – Texto de Martin Sherman. Tradução de Luiz Fernando Tofanelli. Direção de Luiz Furlanetto. Com Augusto Zacchi, Gustavo Rodrigues, Augusto Garcia e elenco. Na Alemanha nazista, os homossexuais Max e Rudy são presos e enviados a um campo de concentração. Rudy é morto durante a transferência e Max acaba se ligando a outro prisioneiro, Horst, também homossexual e judeu. A peça retrata uma época de intolerância e crueldade. Teatro das Artes, Shopping da Gávea, Rua Marquês de São Vicente, 52, 2º piso, Gávea (2540-6004). Cap.: 457 pessoas. 2ª e 3ª, às 21h.  R$ 40.  Estudantes e idosos pagam meia. 16 anos. Duração: 1h30.  Até 30 de agosto. Cotação: Teresa Mascarenhas: *** (Ótimo).

O BOSQUE –  Texto de David Mamet. Direção de Álvise Camozzi. Com Bruno Kott e Cristine Perón.  O autor americano David Mamet  faz um retrato em preto e branco da relação inerte do casal Ruth e Nick, que ao longo de uma noite, numa casa de campo,  enveredam por trilhas emocionais sombreadas no vazio existencial e se deparam com a distância entre eles, a despeito de estarem juntos por quase todo o tempo. Centro Cultural Banco do Brasil / Teatro 3, Rua Primeiro de Março, 66, Centro (3808-2020). Cap.: 90 pessoas. 4ª a dom., às 19h30.  R$ 10. Estudantes e maiores de 60 anos pagam meia. 16 anos. Duração: 1h. Até 7 de agosto. Cotação: Ana Lúcia Vieira: ** (Bom). Claudia Chaves: * (Regular).  Teresa Mascarenhas: * (Regular). 

CASAR PRA QUÊ? – Texto de Alessandro Anes. Direção de Anja Bittencourt. Com Alessandro Anes e Ana Teresa Welerson.  Comédia romântica sobre um casal: ele adora cerveja e futebol e ela,  shopping e novela. Apesar das diferenças, os dois não se largam e não vivem um sem o outro. Teatro Fashion Mall, Shopping Fashion Mall, Estrada da Gávea, 899, 2º piso, São Conrado (3322-2495). Cap.: 300 pessoas.  6ª e sáb., às 21h30; dom., às 20h. R$ 50 (6ª) e R$ 60 (sáb. e dom.). Estudantes e maiores de 60 anos pagam meia. 14 anos.  Duração: 1h10. Até 31 de julho. 

CEARÁ RISO FROUXO - HUMOR 100% CEARENSE - Show de humor com André Teixeira, Gil Soares e Edson Santos. Centro Cultural Anglo Americano, Av. das Américas, 2.603, Barra da Tijuca (2439-8002). Cap.: 260 pessoas. 6ª e sáb., às 21h; dom., às 20h. R$ 40. Estudantes e maiores de 60 anos pagam meia. 14 anos. Duração: 1h10. Até 31 de julho. 

COMÉDIA EM PÉ – Com  Claudio Torres Gonzaga, Fábio Porchat, Fernando Caruso, Léo Lins e Paulo Carvalho.  O grupo de humoristas usa apenas o microfone e o texto para debochar dos aspectos inusitados da vida. Teatro das Artes, Shopping da Gávea, Rua Marquês de São Vicente, 52, 2º piso, Gávea (2540-6004). Cap.: 457 pessoas. 6ª e sáb., às 23h. R$ 50.  Estudantes e idosos pagam meia. 14 anos. Duração: 1h30.  Até 30 de julho.  Cotação: Claudia Chaves: *** (Ótimo)

COMÍCIO GARGALHADA – Texto e interpretação de Rodrigo Sant'Anna. Direção de Thalita Carauta. No formato de um comício eleitoral, o comediante Rodrigo Sant'Anna, intérprete do personagem Edmilson, do programa Zorra Total, na Rede Globo, faz show com sua galeria de personagens. Teatro dos Grandes Atores, Shopping Barra Square, Av. das Américas, 3.555, Barra da Tijuca (3325-1645). Cap.: 396 pessoas. 6ª e sáb., às 23h. R$ 70.  Estudantes e idosos pagam meia. 12 anos. Duração: 1h. Até 28 de agosto. 

COZINHA E DEPENDÊNCIAS – Texto de  Agnès Jaoui e Jean-Pierre Bacri. Direção de  Bianca Byington e Leonardo Netto. Com Analu Prestes, Bianca Byington, Silvia Buarque, Kiko Mascarenhas, Leandro Castilho e Márcio Vito. Um jantar de reencontro de velhos amigos traz à tona ressentimentos, tensões e mágoas acumuladas no período de dez anos. Teatro Poeira, Rua São João Batista, 104,  Botafogo (2537-8053). Cap.: 130 pessoas. 6ª e sáb.,  às 19h30; dom., às 18h30. R$ 30. Estudantes e idosos pagam meia.  14 anos. Duração: 1h. Até 31 de julho. Promoção: quem comprar ingresso para a peça 'Um dia como os outros'  paga R$ 40 pelas duasCotação/Teresa Mascarenhas: *** (Ótimo)

CYRANO DE BERGERAC – Texto de Edmond Rostand. Direção de João Fonseca. Tradução de Marcos Daud. Com Bruce Gomlevsky, Julia Carrera, Sérgio Guizé, Gaspar Filho e elenco. Na Paris de 1640, o cadete  Cyrano é apaixonado por sua prima Roxane, mas por  julgar-se demasiadamente feio não consegue se aproximar da jovem. A fim de dar expressão aos seus sentimentos decide então, em segredo, tornar-se porta-voz de Christian de Neuvillete, um jovem e belo cadete, também apaixonado por Roxane, e que se mostra inapto para cortejá-la. Centro Cultural Banco do Brasil / Teatro 1, Rua Primeiro de Março, 66, Centro (3808-2020). Cap.: 172 pessoas. 4ª a dom., às 20h. R$ 10. Estudantes e maiores de 60 anos pagam meia. 12 anos. Duração: 2h.  Até 31 de julho. Cotação: Ana Lúcia Vieira: ** (Bom). Claudia Chaves: ** (Bom). Teresa Mascarenhas: * (Regular).

DEPOIS DO FILME –  Direção, texto e interpretação de Aderbal Freire–Filho. Diretor assistente: Fernando Philbert. Música: Tato Taborda.  O diretor Aderbal Freire–Filho volta ao palco para interpretar todos os personagens que gravitam em torno de Ulisses, personagem de um filme, que  depois que deixa de ser personagem e volta vida real, não consegue mais distinguir  realidade e ilusão. Teatro Poeirinha,  Rua São João Batista, 104, Botafogo (2537-8053). 6ª e sáb., às 21h; dom., às 19h. R$ 30. Estudantes e idosos pagam meia. 14 anos. Duração: 1h10. Até 28 de agosto. Cotação: Teresa Mascarenhas: * (Regular).

DOIDAS E SANTAS – Texto de Regiana Antonini, livremente inspirado em crônicas da romancista Martha Medeiros. Direção de Ernesto Piccolo. Com Cissa Guimarães, Giusepe Oristanio e Josie Antello. Psicanalista rompe casamento de 20 anos e o encantamento com a nova fase de vida só é quebrado pelas constantes interferências da mãe, da filha, da irmã e do inconformado ex-marido. Teatro Vannucci, Shopping da Gávea, Rua Marquês de São Vicente, 52, 3º piso, Gávea (2239-8545). Cap.: 425 pessoas. 5ª a sáb., às 21h30; dom., às 20h. R$ 60 (5ª e 6ª), R$ 70 (dom.) e R$ 80 (sáb). Estudantes e maiores de 60 anos pagam meia. 12 anos. Duração: 1h35. Até 18 de dezembro.  Vendas online: ingresso.com. Cotação: Claudia Chaves: ** (Bom). 

ENTRE QUATRO PAREDES - Texto de Jean Paul Sartre. Direção de Ivan Soares. Com Bruno Soares, Bruna Bacelar, Nathalia Zambuzi e Ivan Soares (participação especial). Três personagens estão trancados em uma sala e tentam descobrir por que estão naquele lugar.  Após vários embates descobrirão que estão condenados a uma "vida" sem interrupções e que o inferno são os outros! Solar de Botafogo / Espaço 2, Rua General Polidoro, 180, Botafogo (2543-5411). Cap.: 40 pessoas. 4ª e 5ª, às 21h. R$ 30. Estudantes e maiores de 60 anos pagam meia. 14 anos. Duração: 1h25. Até 4 de agosto. 

OS EXCULAXADOS – Texto de Beto Moreno. Direção de Chico Anysio. Com Alexandre Maguolo, Beto Moreno, Rafael Guimalle, Maykon Robert e Will Gama.. A comédia brinca com fatos do cotidiano e as neuroses urbanas elevadas a um grau máximo de humor. Centro Cultural Anglo Americano, Av. das Américas, 2.603, Barra da Tijuca (2439-8002). Cap.: 260 pessoas. Sáb., às 21h30; dom., às 20h30. R$ 40. Estudantes, maiores de 60 anos. Doadores de um quilo de alimento não perecível pagam R$ 15. 14 anos. Duração: 1h. Até 31 de julho.

O FILHO ETERNO – Espetáculo da Cia. Atores de Laura. Texto de Cristovão Tezza. Adaptação de  Bruno Lara Resende. Direção de Daniel Herz. Com  Charles Fricks. O monólogo traz as dificuldades diárias e não esconde as decepções de um pai que precisa lidar com um filho que nasce com a Síndrome de Down. Oi Futuro Flamengo, Rua Dois de Dezembro, 63, Flamengo (3131-3060). Cap.: 84 pessoas. 6ª a dom., às 19h30.  R$ 15. Estudantes e maiores de 60 anos. 12 anos. Duração: 1h15.  Até 11 de setembro. Cotação: Claudia Chaves: *** (Ótimo).  Teresa Mascarenhas: * (Regular).

GAROTOS – Texto de Leandro Goulart. Direção de Afra Gomes e Leandro Goulart. Com : Ícaro Silva, Ivan Mendes, Gabriel Chadan, José Loreto e Caio Bucker. Cinco jovens retratam as aventuras e desventuras de um homem desde seus dez anos de idade abrangendo aspectos como virgindade,  drogas, sexualidade, perdas, paixões e família. Teatro das Artes, Shopping da Gávea, Rua Marquês de São Vicente, 52, 2º piso, Gávea (2540-6004). Cap.: 457 pessoas. Sáb.,  às 19h; dom., às 18h30.  R$ 50.  Estudantes e maiores de 60 anos. pagam meia. 14 anos. Duração: 1h. Até 31 de julho.

O GATO BRANCO – Texto de Jô Bilac. Direção de João FonsecaCom Paloma Duarte, Bruno Ferrari, Fernanda Nobre, Camilo Bevilacqua, Pablo Falcão, Leandro Almeida e Lucianna Magalhães. Inspirado no universo de Agatha Christie e Alfred Hitchcok, o espetáculo revela as falhas de um crime perfeito envolvendo sete pessoas convidadas para um assassinato.Teatro das Artes, Shopping da Gávea, Rua Marquês de São Vicente, 52, 2º piso, Gávea (2540-6004). Cap.: 457 pessoas. 4ª e 5ª, às 21h.  R$ 50.  Estudantes e maiores de 60 anos pagam meia. 14 anos. Duração: 1h40.  Até 25 de agosto. Cotação: Ana Lúcia Vieira: *(Regular). Claudia Chaves: * (Regular). Felipe Leopardo: °(Ruim). Teresa Mascarenhas: * (Regular).

GRITO D'ALMA –  Texto de  Tennessee Williams. Tradução: Francisco Carneiro da Cunha. Direção de Diogo Salles. Com  Glauce Guima e Marcelo Pio. Os irmãos e atores Feliz e Clara, donos de uma companhia mambembe, são abandonados pela trupe. Num clima tenso e ao mesmo tempo sensual, decidem representar uma peça para dois personagens, que não agrada ao público. Os  dois voltam a ficar sozinhos no palco, de onde não conseguem sair.  Centro Cultural Solar de Botafogo, Rua General Polidoro, 180, Botafogo (2543-5411). Cap.: 180 pessoas. 5ª, a  sáb., às 21h; dom., às 20h30. R$ 40. Estudantes e idosos pagam meia. 14 anos. Duração: 1h30. Até 31 de julho. Cotação: Teresa Mascarenhas: °(Ruim).

HELL  –  Adaptação de Hector Babenco e Marco Antonio Braz. Direção de Hector Babenco.. Com Bárbara Paz e Paulo Azevedo. O espetáculo é uma adaptação do romance da jovem escritora francesa Lolita Pill, que faz um retrato devastador da juventude rica e consumista de Paris, que preenche suas vidas com sexo, álcool, drogas e roupas de grife e mostra total inabilidade de vivenciar um amor verdadeiro. Teatro dos Quatro, Shopping da Gávea, Rua Marquês de São Vicente, 52, 2º andar (2274-9895). Cap.: 402 pessoas. 5ª a sáb., às  21h30; dom., às 20h.  R$ 60 (5ª), R$ 70 (6ª) e R$ 80 (sáb. e dom.). Estudantes e idosos pagam meia. 14 anos. Duração: 1h10.  Até 31 de julho. Vendas pela internet: www.ingresso.com.br. Cotação: Teresa Mascarenhas: *** (Ótimo).

A HISTÓRIA DE NÓS 2 – Texto de Lícia Manzo. Direção de Ernesto Piccolo. Com Alexandra Richter e Marcelo Valle. A comédia explora as diferentes facetas de um homem e uma mulher dentro do casamento e das exigências do mundo contemporâneo. Teatro dos Grandes Atores, Shopping Barra Square, Av. das Américas, 3.555, Barra da Tijuca (3325-1645). Cap.: 396 pessoas. 6ª e sáb., às 21h; dom., às 20h. R$ 70 (6ª e dom.) e R$ 80 (sáb.). Estudantes e idosos pagam meia. 12 anos. Duração: 1h05.  Até  31 de julho. Cotação: Claudia Chaves: ** (Bom). Teresa Mascarenhas: ** (Bom).

O IDIOTA - UMA NOVELA TEATRAL -Roteiro adapatado: Aury Porto. Colaboração dramatúrgica: Vadim Nikitin,  Luah Guimarãez, Cibele Forjaz. Direção de Cibele Forjaz. Com Aury Porto, Fredy Allan, Luah Guimarãez, Lúcia Romano e elenco. Maratona teatral baseada na obra do escritor russo Fiódor Dostoiévski (1821 – 1881), dividida em três partes que poderão ser vistas em dias diferentes (sáb. e dom.) e também de uma única vez (2ª e 3ª). Em formato de folhetim, o romance tem como principal personagem o príncipe Míchkin, um jovem disputado por duas moças e envolvido em uma série de intrigas e disputas. Galpão das Artes do Espaço Tom Jobim,  Jardim Botânico, Rua Jardim Botânico, 1008 (2274 -7012). Cap.: 70 pessoas. Sáb. a 3ª, às 17h30. Sábados às 17h30: parte I (duração: 2h30 sem intervalo). Domingos às 17h30: partes II e III (duração: 3h30 com um intervalo). Segundas-feiras às 17h30: partes I, II e III (duração: 6h30 com dois intervalos]· Terças-feiras às 17h30: partes I, II e III (duração: 6h30 com dois intervalos). Preços: sáb. e dom. (venda casada de ingresso para os dois dias): R$ 60; sáb. e dom. (venda de ingresso separado): R$ 40. 2ª e 3ª (venda de ingresso para espetáculo na íntegra): R$ 40. Estudantes e maiores de 60 anos pagam meia. 14 anos. Até 1º de agosto. Vendas pela internet: ingresso.com. Cotação: Daniele Ávila: **** (Excelente).

LENTE DE AUMENTO – Texto e interpretação de Leandro Hassum. Direção de Daniela Ocampo. O humorista faz uma sátira aos aspectos ridículos e inusitados de algumas situações do cotidiano. Teatro das Artes, Shopping da Gávea, Rua Marquês de São Vicente, 52, 2º piso, Gávea (2540-6004). Cap.: 457 pessoas. 6ª e sáb., às 21h; dom., às 20h30.  R$ 70.  Estudantes e idosos pagam meia. 12 anos. Duração: 1h15. Até  31 de julho. 

MACHADO DE ASSIS - Direção de Evandro Meirelles Santos. Adaptação e Interpretação de Joana Ferry. O espetáculo que reúne teatro e literatura traz a adaptação para o palco de quatro contos de Machado de Assis: “Pai Contra Mãe”, “O Relógio de Ouro”, “O Espelho” e “Cantiga de Esponsais”. Centro Cultural Solar de Botafogo, Rua General Polidoro, 180, Botafogo (2543-5411). Cap.: 180 pessoas. Sáb. edom., às 17h. R$ 30. Estudantes e maiores de 60 anos pagam meia. 10 anos. Duração: 1h15. Até 25 de setembro.

MEMÓRIAS INVENTADAS – Direção e dramaturgia de Alexandre Varella. Direção musical e piano: Filipe Bernardo. Supervisão de direção: Cininha de Paula. Com Laura Castro, Marta Nóbrega, Alexandre Varella  e Thiago Magalhães. O espetáculo une  poesia e textos de Manoel de Barros,  Lia Lótus, Fayga Ostrower e Cristóvão Tezza, intercalados com canções marcantes da MPB, para lembrar memórias de diferentes gerações.  Teatro Municipal Café Pequeno, Av. Ataulfo de Paiva, 269, Leblon (2294-4480). Capacidade: 110 pessoas. 4ª e 5ª,  às 21h30. R$ 20. Estudantes e maiores de 60 anos pagam meia. 18 anos. Duração: 1h. Até 11 de agosto. 

MILAGRE DO SOL  – Texto de  Mariângela Cantú. Direção de  Liu Gouveia e Mariângela Cantú. Com Carla Pompílio, Christina Rodrigues, Ernandes Cardoso e elenco. O espetáculo retrata a saga dos três pequenos  pastores que, no início do século passado, presenciam as aparições de Nossa Senhora na cidade de Fátima, em Portugal. Algo que só eles viram e que despertou a fé em alguns, incomodou a igreja e autoridades, além de provocar a desconfiança de agnósticos. Teatro Henriqueta Brieba, Tijuca Tênis Clube, Rua Conde de Bonfim, 451, Tijuca. Informações: 2625-6134 / 31857637). Cap.: 250 pessoas. Sáb. e dom., às  20h. R$  30.  Estudantes e maiores de 60 anos pagam meia.  Livre. Duração: 1h20. Até 30 de julho.  

MULHERES ALTERADAS – Dramaturgia de Andrea Maltarolli. Colaboração: Bernardo Jablosnki. Direção de  Eduardo Figueiredo. Com  Luiza Tomé, Mel Lisboa, Adriane Galisteu e Daniel Del Sarto. Baseado na série homônima da chargista e cartunista argentina Maitena, a comédia mapeia com humor o fascinante e misterioso universo feminino.Teatro Clara Nunes, Shopping da Gávea, Rua Marquês de São Vicente, 52/3º piso, Gávea ( 2274-9696). Cap.: 527 pessoas. 6ª a  sáb., às 21h30; dom., às 20h.  R$ 70 (dom.) e R$ 80 (6ª e sáb.).  12 anos.  Duração: 1h20. Até 31 de julho.  Cotação JB: * (Regular).

NISE DA SILVEIRA – SENHORA DAS IMAGENS – Direção de Daniel Lobo. Coreografias de Ana Botafogo. Trilha original de João Carlos Assis Brasil.  Com Mariana Terra.  O espetáculo reúne teatro, música, dança e projeções multimídia para montar um painel dos acontecimentos marcantes da vida da psiquiatra Nise da Silveira, pioneira no uso das artes para os tratamentos psiquiátricos. Participação em off de Carlos Vereza, cuja voz dá vida ao psicanalista Carl Gustav Jung, referência fundamental na vida da personagem. Centro Cultural Justiça Federal, Av. Rio Branco, 241, Centro (3261-2550). Cap.: 142 pessoas. 4ª e 5ª, às 19h.  R$ 30. Estudantes e maiores de 60 anos pagam meia. 16 anos. Duração: 1h30. Até 25 de agosto. 

NOVECENTOS – Texto de Alessandro Baricco. Direção de Victor Garcia Peralta. Com Isio Guelman. As reflexões de um homem que passou toda a sua vida dentro de um navio a vapor. Midrash Centro Cultural, Rua General Venâncio Flores, 184, Leblon (2239-1800). Sáb., às 21h; dom., às 20h. R$ 30. Estudantes e maiores de 60 anos pagam meia. Livre. Duração: 1h10. Até 28 de agosto.

OUTSIDE - UM MUSICAL NOIR - Espetáculo d’Aquela Companhia de Teatro.  Texto de Pedro Kosovski. Direção de Marcos André Nunes. Direção musical de Felipe Storino. Com Leticia Spiller, André Mattos e elenco. Partcipação da Banda Outsiders. Livremente inspirado no universo artístico de David Bowie, o musical noir movido ao som do mais puro rock’n roll  traz uma trama policial passada nos corredores de uma galeria de arte e leva a uma reflexão sobre os limites da arte e a ideia de crime como manifestação artística. Espaço Tom Jobim, Rua Jardim Botânico, 1008, Jardim Botânico ( 2274-7012).6ª e sáb., às 21h; dom., às 20h30. R$ 60. Estudantes e maiores de 60 anos pagam meia. 14 anos. Duração: 2h. Até 28 de agosto. Cotação: Teresa Mascarenhas: ** (Bom).

O PACTO DAS 3 MENINAS – Texto de Lulu Silva Telles e Rosane Svartman. Direção de Ernesto Piccolo. Diretora assistente: Maria Zilda Bethlem. Com Rosamaria Murtinho, Camila Amado, Marly Bueno eLafayette Galvão. Aos vinte anos, a amigas Branca, Marta e Vera fazem um pacto de perseguir seus sonhos e levar uma vida plena de liberdade. Cinquenta anos depois, se reencontram e descobrem que ainda há futuro e nada será como está. Teatro Clara Nunes, Shopping da Gávea,  Rua Marquês de São Vicente, 52/3º piso, Gávea (2274-9696). Cap.: 527 pessoas. Sáb., às 18h. R$ 70. Estudantes e idosos pagam meia. 12 anos. Duração 1h15. Até 30 de julho. Cotação: Ana Lúcia Vieira: * (Regular)

QUEM GUENTA COM ESSA VERDADE? - Texto e direção de Fabrisio Coelho. Com Alex Gomes, Flávia Siqueira,  Lino Correa, Rita Luz e Jeferson Jima. Além da total desarmonia, família de classe média enfrenta a falência e é obrigada a se refugiar na casa do fiel mordomo da família no subúrbio carioca. Teatro Princesa Isabel, Av. Princesa Isabel, 186, Copacabana (2275-3346).  Cap.: 320 pessoas. Sáb. e dom., às 20h.  R$ 40. Estudantes, professores e maiores de 60 anos pagam meia. 12 anos. Duração: 1h30.  Até 31 de julho. 

QUEM VAI FICAR COM ELA?  – Texto de Felipe Adleer. Direção de Luiz Furlanetto. Com Felipe Adleer, Luciana Simi e Lucas Lins e Silva. A comédia mostra as agruras de uma solteira de 25 anos à procura de sua alma gêmea em um site de relacionamento. Teatro dos Grandes Atores/Sala Azul, Shopping Barra Square, Avenida das Américas, 3.555,  Barra da Tijuca (3325-1645). Cap.: 456 pessoas. Sáb., às  19h; dom., às 18h. R$ 50. Estudantes e maiores de 60 anos  pagam meia. 12 anos. Duração: 1h10. Até 31 de julho. 

R & J DE SHAKESPEARE - JUVENTUDE INTERROMPIDA - De Joe Calarco. Tradução de Geraldo Carneiro. Direção de João Fonseca. Com João Gabriel Vasconcellos, Rodrigo Pandolfo, Pablo Sanábio e Felipe Lima. Em uma escola católica extremamente conservadora, quatro estudantes exploram o texto Romeu e Julieta como uma fuga da repressão em que vivem, e através disso exploram suas próprias sexualidades e começam a a ‘viver’  todos os diálogos e emoções do clássico. Teatro Leblon / Sala Fernanda Montenegro, Rua Conde de Bernadote, 26, Leblon (2529-7700). 3ª e 4ª, às 21h. R$ 50. Estudantes e maiores de 60 anos pagam meia. 16 anos. Duração: 1h45. Até 24 de agosto. Cotação: Teresa Mascarenhas: ** (Bom).

RETORNO AO DESERTO –  Texto de Bernard-Marie Koltès. Direção de Moacir Chaves. Com Monica Biel, José Karini, Peter Boos, Elisa Pinheiro  e elenco. Depois de  anos vividos na Argélia, Mathilde retorna para a casa da família,   na França, mas a volta ao lugar que supostamente seria seu lar é o lugar mais hostil para aportar. Casa de Cultura Laura Alvim, Av. Vieira Souto, 176, Ipanema (2332.2042 / 2332.2015). Cap.: 245 pessoas.  5ª a sáb., às 21h; dom., às 20h  R$ 30. Estudantes e maiores de 60 anos pagam meia. 12 amos. Duração: 1h40. Até 31 de julho. Cotação: Claudia Chaves: * (Regular). Teresa Mascarenhas: °(Ruim).

ROLIÚDE – Texto de Homero Fonseca. Direção e interpretação de João Ricardo Oliveira. Supervisão cênica de Julio Adrião. Um sertanejo malandro e arlequinesco ganha a vida interpretando personagens de  grandes clássicos do cinema com paródias impagáveis de cenas de Casablanca,  E o vento levou  e King Kong, entre outros. Teatro Miguel Falabella, NorteShopping, Avenida Dom Hélder Câmara, 5.465, Del Castilho (2597-4452). Cap.: 456 pessoas. 3ª e 4ª, às 18h. R$ 30. Estudantes e maiores de 60 anos pagam meia. 14 anos. Duração: 1h20. Até 3 de agosto. 

ROSA – Texto de Martin Sherman. Direção de Ana Paz. Com  Debora Olivieri. Rosa é uma senhora judia de aproximadamente 80 anos que, durante o shivah (período do luto judaico), relembra sua vida, desde a infância numa cidadezinha da Ucrânia até seus dias atuais, em Miami Beach.  Com leveza, emoção e ironia, a personagem nos conduz para quase um século de histórias. Teatro Leblon / Sala Tônia Carrero, Rua Conde de Bernadote, 26, Leblon (2259-7700). Cap.: 210 pessoas. 5ª a sáb., às 19h; dom., às  18h. R$ 50 (5ª e 6ª)  e R$ 60 (sáb. e dom.). Estudantes e maiores de 60 anos pagam meia. 12 anos. Duração: 1h20. Até 31 de julho. Cotação: Ana Lúcia Vieira: ** (Bom).  Daniel Schenker: * (Regular). Teresa Mascarenhas: *** (Ótimo).

SAUDADES DE UMA DAME – Direção de Almir França. Performance da transformista  Lorna Washington que fala com humor de temas como preconceito,  solidariedade e respeito.  Teatro de Bolsa/ Empório Almir França, Travessa Dr. Araújo, 55, Praça da Bandeira (2293-6428). Cap.: 50 pessoas. Sáb., às 21h. R$ 30. Estudantes, maiores de 65 anos e gays militantes pagam meia. 18 anos. Duração: 1h. Até 24 de setembro.

[email protected] - Texto de Luca Millani. Direção de Will Gama. Com  Aline Mendonça, Eduardo Rossan, Waleska Saddock e Will Gama. A comédia retrata  uma família totalmente contagiada pelo peso do stress, enquanto o público se identifica com seus cômicos conflitos. Centro Cultural Anglo Americano, Av. das Américas 2.603, Barra da Tijuca, anexo ao colégio Anglo Americano (2439-8002). Cap.: 260 pessoas. 6ª, às 21h30. R$ 40.  Estudantes e maiores de 60 anos. Doadores de um quilo de alimento não-perecível: R$ 15. 14 anos. Duração: 1h. Até 29 de julho. 

SUBVERSÕES 21 –  Direção de Stella Miranda. Versões de Aloísio de Abreu e Luis Salem.  O projeto com versões provocativas para músicas de sucesso completa 21 anos e traz o trio Aloísio de Abreu, Luis Salem e Márcia Cabrita com uma nova montagem do musical com provocativas versões, que incluem clássicos comoMeu nome é Creuza (versão para O amor e o poder, hit eternizado na voz de Rosana) e novidades, como o caso de Gargalhada já (versão de Bad romance, de Lady Gaga). Teatro Leblon / Sala Tônia Carrero, Rua Conde de Bernadote, 26, Leblon (2274-3536). Cap.: 210 pessoas. Sáb., às 21h30 e 23h30; dom., às  20h. R$ 70. Estudantes e maiores de 60 anos pagam meia. 12 anos. Duração: 1h15. Até 31 de julho. Cotação JB: ** (Bom).

SUCESSO, AQUI VOU EU – Texto e direção de Sandro Rabello. Músicos: Moacyr Saraiva (violoncelo e percurssão), Jean Carlos (piano elétrico), Marcos Zampaglione (guitarra),  Giko de Almeida (baixo) e Bill Ferreira (bateria).  O ator e cantor Adren Alves interpreta a epopeia musical performática cômica e dramática sobre a vida de um tal Galdênio atrás da tão sonhada fama. De vendedor de queijo a cantor de churrascaria, de hippie a backing vocal,  tortuosos são os caminhos do sucesso. Teatro Municipal Café Pequeno, Av. Ataulfo de Paiva, 269,  Leblon (2294-4480). Cap.: 110 pessoas.  6ª e sáb., às  21h30; dom., às 20h30. R$ 30. Estudantes e maiores de 60 anos  pagam meia. 14 anos. Duração: 1h10. Até 31 de julho.  Teresa Mascarenhas: * (Regular).

TODOS OS CACHORROS SÃO AZUIS - Adaptação do romance homônimo do jornalista e poeta Rodrigo de Souza Leão (1965-2009). Direção de Michel Bercovitch. Supervisão de dramaturgia de Manoela Sawitzski e Ramon Mello. Com Ramon Mello, Camila Rhodi, Natasha Corbelino, Gabriel Pardal e Bruna Renha. Baseado em sua trajetória pessoal, um esquizofrênico faz um relato comovente e ao mesmo tempo cheio de humor e autoironia sobre sua vida. Teatro Municipal Maria Clara Machado, Planetário da Gávea, Av. Padre Leonel França, 240, Gávea (2274-7722). Cap.: 124 pessoas. Sáb., às 21h; dom., às 20h. R$ 30. Estudantes e idosos pagam meia. 16 anos. Duração: 1h20. Até 4 de setembro. 

TURBILHÃO – Texto e direção de Domingos Oliveira. Com Luana Piovani, Jonas Bloch, Pedro Furtado e elenco.  O espetáculo reúne personagens  sensíveis e humanos, mas vivem em embate constante com suas incoerências e manias. No centro da trama uma psicanalista, dividida entre o amor de um pai e um filho. Sesc Ginástico, Av. Graça Aranha, 187, Centro (2279-4027). Cap.: 513 pessoas. 5ª a dom., às 19h. R$ 20. Estudantes e maiores de 60 anos pagam meia. Vomerciários associados: R$ 5. 12 anos. Até 7 de agosto. Cotação: Teresa Mascarenhas: ** (Bom)

UM DIA COMO OS OUTROS –  Texto de  Agnès Jaoui e Jean-Pierre Bacri. Direção de  Bianca Byington e Leonardo Netto. Com Analu Prestes, Bianca Byington, Silvia Buarque, Kiko Mascarenhas, Leandro Castilho e Márcio Vito. A complexidade e a tênue harmonia das relações familiares são expostas  no encontro de um clã para comemoração de aniversário de um dos familiares. Teatro Poeira, Rua São João Batista, 104,  Botafogo (2537-8053). Cap.: 130 pessoas.  6ª e sáb., às 21h; dom., às 20h. R$ 30. Estudantes e idosos pagam meia. 14 anos. Duração: 1h20. Até 26 de junho. Promoção: quem comprar ingresso para a peça 'Cozinha e dependências'  paga R$ 40  pelas duas.  Cotação/Daniele Ávila: *** (Ótimo) Teresa Mascarenhas: *** (Ótimo).

UM VIOLINISTA NO TELHADO –  Texto de Joseph Stein. Versão brasileira de Claudio Botelho. Direção de Charles Möeller. Com José Mayer, Soraya Ravenle, Rachel Rennhack, Malu Rodrigues e elenco. Tevye (José Mayer), um rústico leiteiro de um vilarejo judeu encravado na Rússia Czarista, entra em conflito com as três filhas, que desafiam a tradição judaica  ao rejeitar casamentos arranjados e adotar comportamentos que desviam do estabelecido. Além dos  conflitos familiares, Teyve enfrenta a hostilidade de grupos russos orientados pelas diretrizes anti-semitas do Czar. Oi Casa Grande, Av. Afrânio de Mello Franco, 290, Leblon (2511-0800). Cap.: 926 pessoas.  5ª e 6ª, às 21h; sáb., às 17h30 e 21h30; dom., às 19h. Preços: Balcão setor 3: R$ 40 (5ª e 6ª) e R$ 60 (sáb. e dom.); Balcão setor 2: R$ 80 (5ª e 6ª) e R$ 100 (sáb. e dom.);  Plateia setor 1: R$ 100 (5ª e 6ª) e R$ 120 (sáb. e dom.);   Plateia vip e camarotes: R$ 120 (5ª e 6ª) e R$ 150 (sáb. e dom.); Estudantes e idosos pagam meia. 5 anos. Duração: 2h10 (com intervalo). Até 18 de setembro. Cotação: Felipe Leopardo: *** (Ótimo). Teresa Mascarenhas: **** (Excelente).

ÚLTIMOS DIAS

A OLHO NU – Texto e direção de Duda Gorter. Com Rose Abdallah e Alexandre Dantas. Sentindo-se frágil e desamparada, uma mulher decide romper com tudo e criar uma nova realidade, mais segura e harmoniosa. Porém, diante de uma figura masculina se vê obrigada a interagir com o mundo real.  Teatro dos Quatro, Shopping da Gávea, Rua Marquês de São Vicente, 52, 2º andar (2274-9895). Cap.: 402 pessoas. 3ª e 4ª, às 21h30. R$ 60. Estudantes e idosos pagam meia. 14 anos. Duração: 50 minutos.  Até 27 de julho.  Teresa Mascarenhas: * (Regular).

BARTLEBY, O ESCRITURÁRIO – Montagem da CiaDramáticadeComédia. Texto de Herman Melville. Adaptação e direção de João Batista. Com : Gustavo Falcão, Duda Mamberti, Claudio Gabriel, Eduardo Rieche e Rafael Leal. O conto do americano Herman Melville, autor do célebre Moby Dick, narra o comportamento inusitado de um funcionário que se recusa a executar qualquer tipo de tarefa. O comportamento fora do padrão acaba por interferir  interferir no dia a dia do escritório.  Casa de Cultura Laura Alvim, Av. Vieira Souto, 176,  Ipanema (2332-2015). Cap.: 254 pessoas. 3ª e 4ª, às 21h. R$ 20. Estudantes e maiores de 60 anos pagam meia. 14 anos. Duração: 1h20. Até 27 de julho. Cotação: Ana Lúcia Andrade: * (Regular) Teresa Mascarenhas: * (Regular).

LA CARETA QUE CAE – Texto de  Federico García-Lorca. Tradução e adaptação de Daniel Chagas. Direção de  Breno Sanches. Com o Grupo Milongas. Atores e bonecos interpretam a farsa que reflete sobre amor e opressão através da história da jovem Rosita que é prometida por sua mãe ao grotesco e cruel Dom Cristovinho da Cachamorra em troca de uma grande quantia de dinheiro. Teatro Ziembinski, Avenida Heitor Beltrão, s/nº, Tijuca, em frente ao metrô São Francisaco Xavier (2254-4399 / 3234-2003). Cap.: 132 pessoas. 6ª a dom.,  às 20h. R$ 20. Estudantes e maiores de 60 anos pagam meia. 12 anos.  Duração: 1h10.  Até 24 de julho. 

A COMÉDIA DO ABANDONO - Direção de Gedivan de Albuquerque e José Maria Rodrigues. Dramaturgia de José Maria Rodrigues Monteiro. Com José Maria Rodrigues. Atormentado pelas lembranças da ex-mulher, homem desconfia que ela contratou um pistoleiro para matá-lo. Na dúvida resolve revidar, e para justificar sua vingança vai buscar na recente história do país episódios de homens que deram cabo de suas ex-companheiras. Teatro Ziembinski, Avenida Heitor Beltrão, s/nº, Tijuca, em frente ao metro São Francisco Xavier (2254-5399/3234-2003). Cap.: 132 pessoas. 4ª e 5ª, às 20h. R$ 10. Estudantes e maiores de 60 anos meia. 16 anos. Duração: 1h.  Até 27 de julho. 

COMÉDIA SENTADO, EM PÉ E DEITADO –   Texto de  Marco Palito, Mauro Mallet e Wagner Trindade. Direção de Sônia de Paula.  O humorista Wagner Trindade,  que interpreta o Gabrielzinho, do quadro Vamos brincar de quê?, do programa Zorra Total, da Rede Globo, faz show de humor a partir de situações vividas da infância à velhice. Teatro dos Grandes Atores, Shopping Barra Square, Avenida das Américas, 3.555,  Barra da Tijuca (3325-1645). Cap.: 456 pessoas. 4ª e 5ª, às  21h. R$ 50. Estudantes e maiores de 60 anos. 12 anos. Duração: 1h. Até 28 de julho.

AS ERUDITAS –  Um espetáculo da Cia. Limite 151. Texto de Molière. Tradução de Millôr Fernandes.  Direção de José Henrique Moreira. Com Theresa Amayo, Élcio Romar, Gláucia Rodrigues, Jacqueline Brandão e elelnco.  Com humor corrosivo,  o clássico de Molière faz  uma sátira ao falso intelectualismo, a hipocrisia e a arrogância próprios da sociedade francesa da época. Teatro Glauce Rocha,  Av. Rio Branco, 179,  Centro (2220-0259). Cap.: 278 pessoas. 6ª a dom.., às 19h.  R$ 20. Estudantes e maiores de 60 anos pagam meia. Livre. Duração: 1h40 Até 24 de julho. 

HOMENS, SANTOS E DESERTORES - De Mario Bortolotto. Direção de Ernesto Piccolo. Com Rodolfo Bottino e Nelson Yabeta. Um jovem estudante e um homem mais velho se relacionam em vários flashes. A relação entre os dois é indefinida. Em comum a solidão, a inadequação social e as referências literárias e musicais que compartilham. Caixa Cultural / Teatro de Arena,  Avenida Almirante Barroso, 25, Centro (2544-4080). Cap.: 226 pessoas. 6ª a dom., às 19h30. R$ 20. Estudantes e maiores de 60 anos pagam meia. 14 anos. Duração: 1h. Até 24 de julho.  Cotação: Teresa Mascarenhas: * (Regular)

OUTROS TEMPOS - Texto de Harold Pinter. Tradução e direção de Pedro Freire. Com  Cristina Flores, Otto Jr. e Paula Braun. O casal Deeley e Kate recebe a visita de Ana, uma antiga amiga de Kate. A partir das lembranças dos passado, Deeley e Ana passam a disputar quem é mais próximo de Kate. Um jogo onde a verdade não importa:  o vencedor será aquele que conseguir impor melhor a sua versão dos fatos. Espaço Sesc / Arena, Rua Domingos Ferreira, 160, Copacabana (2547-0156). Cap.: 250 pessoas. 5ª a sáb., às 21h; dom., às 19h30. R$ 20. Estudantes e maiores de 60 anos pagam meia. Comerciários associados: R$ 5. 12 anos. Duração: 1h10. Até 24 de julho. Cotações: Ana Lúcia Vieira: * (Regular). Teresa Mascarenhas: *** (Ótimo)Teresa Mascarenhas: ** (Bom).

AS REGRAS DA ARTE DE BEM VIVER NA SOCIEDADE MODERNA - Texto de Jean-Luc Lagarce. adaptação de Lorena da Silva e Miguel Vellinho. Direção de Miguel Vellinho. Interpretação de  Lorena da Silva. Em cena, uma “senhora” passa orientações a respeito de como os indivíduos devem se comportar em situações sociais comuns, como nascimento, batismo, casamento, bodas de prata e funeral. Com afirmações tão absurdas que se tornam cômicas,  peça e, na verdade, uma aguçada crítica aos padrões “politicamente corretos” que ganharam força a partir dos anos 80.  Espaço Sesc / Espaço Bar, Rua Domingos Ferreira, 160, Copacabana (2547-0156). Cap.: 35 pessoas. 3ª, às 20h; 4, às 16h30 e 20h. R$ 20. Estudantes e maiores de 60 anos pagam meia. Comerciários associados: R$ 5. Livre. Duração: 1h. Até 27 de julho. 

SHIRLEY VALENTINE –  Texto de Willy Russell. Adaptação de Euclydes Marinho e Guilherme Leme. Direção de Guilherme Leme. Com  Betty Faria. No monólogo, uma dona de casa em crise,  com os filhos criados e um marido ausente, aceita um convite de uma amiga   para uma viagem à Grécia.  Nos dias que passa longe de casa, ela se redescobre como mulher,  encontra seus sonhos e a razão de viver.  Teatro Clara Nunes, Shopping da Gávea,  Rua Marquês de São Vicente, 52/3º piso, Gávea (2274-9696). Cap.: 527 pessoas. 3ª e 4ª, às 21h. R$ 50. Estudantes e maiores de 60 anos pagam meia. 12 anos. Duração 1h10. Até 27 de julho. Cotação: Ana Lúcia Vieira: ** (Bom). Teresa Mascarenhas: *** (Ótimo)