Os melhores shows e festas da semana. Divirta-se

MÚSICA

ALCIONE – Com sua voz inesquecível, a cantora leva show Acesa, apresentando canções de uma carreira de intérprete dedicada ao seu fiel público, com sambas conhecidos e alguns momentos na interpretação intimista, em uma atmosfera confessional que retrata o universo feminino que fala de amor, paixão e traição. Teatro Sesc Ginástico, Avenida Graça Aranha, 187, Centro (2279-4027). 3ª, às 19h. R$ 20 (inteira), R$ 5 (comerciários). Cap.: 513 pessoas.   

CONCERTOS NO JARDIM –  A série oferece ao público a chance de conhecer e apreciar uma rara diversidade sonora e a performance de artistas que pouco se apresentam no Rio de Janeiro. Nesta quarta, maestro e compositor Egberto Gismonti e a Orquestra de Sopros da ProArte apresentam gêneros como o frevo, o maracatu e o lundú com arranjos inovadores de Carlos Malta, Zeca Assunção e Matias Corrêa, entre outros. Espaço Tom Jobim, Jardim Botânico, Rua Jardim Botânico, 1.008, Jardim Botânico (2274-7012). 4ª (02/02), às 20h30. Livre. Grátis. Senhas distribuídas na bilheteria a partir das 19h30. 

LAPA DE TODOS OS SAMBAS – O projeto musical reune, de fevereiro a junho, três gerações de bambas para comemorar a revitalização do bairro, reduto do samba e um dos mais badalados points da cidade. Na estreia, o grupo Anjos da Lua toca com a participação especial de Pedro Miranda. Centro Cultural Banco do Brasil, Teatro II, Rua Primeiro de Março, 66, Centro (3808-2020). 3ª, às às 12h30 e às 19h. Grátis. Livre. Cap.: 158 pessoas.

NICO REZENDE – O cantor, compositor, multi-instrumentista, arranjador e produtor faz um show baseado no repertório  do DVD Nico Rezende ao vivo & convidados, com a participação especial de Milton Guedes. Lapinha, Avenida Mem de Sá, 82, Lapa (2507-3435) 4ª, às 21h30. R$ 20. 18 anos. Cap.: 100 pessoas.

MARIANO MAROVATTO – Além das canções do disco Aquele amor nem me fale, que leva para o palco a poeta Alice Sant’Anna (teclados e voz), Papel (baixo e guitarra), Daniel Macacchero (guitarra e violão) e Fabiano Ribeiro (bateria), além de Mariano (voz e violão), o cantor ainda traz inéditas em gravação e outras parcerias do cantor com Jonas Sá, presentes no disco "Anormal" de Jonas. Espaço Cultural Sérgio Porto, Rua Humaitá, 163, Humaitá (2535 3846). 4ª, às 20h30. R$ 30. 14 anos. Cap.: 120 pessoas.

MINHA ESCOLA VAI SAMBAR – Comandado pelos compositores Tuninho Galante e Marceu Vieira, o projeto pré-carnavalesco que homenageia as escolas de samba da cidade convida a cantora Ana Costa. Centro Cultural Carioca, Rua do Teatro, 37, Praça Tiradentes, Centro (2252.6468). 3ª, às 21h. R$ 20. 18 anos. Cap.: 200 pessoas.

ORQUESTRA IMPERIAL – O grupo volta ao Circo Voador com seus imperdíveis bailes e a presença sempre ilustre do DJ Marlboro e suas dançarinas, além de convidados especiais. Circo Voador, Rua dos Arcos, s/nº, Lapa (2535-0354). 3ª, às 22h. R$ 50. 18 anos. Cap.: 2 mil pessoas.

TAMBOR DE CRIOULA – Em homenagem à Yemanjá, o projeto de verão Depois da Praia sacode a casa. Maracatu Brasil, Rua Ipiranga, 49, Laranjeiras (2557-4754). 4ª, às 19h. Grátis. Livre. Cap: 150 pessoas.

THALMA DE FREITAS – A cantora canta o repertório Asé, de músicas inspiradas na palavra yorubá que significa "Nós realizamos". A apresentação foi criada especialmente para comemorar o dia de Yemanjá e conta com a presença da cantora e compositora Iara Rennó, do cantor e multi-instrumentista Duani e participação especial do turntablista DJ Nuts, que segue com discotecagem com o mesmo tema após o show. Teatro Solar de Botafogo, Rua General Polidoro, 180, Botafogo (2543-5411). 4ª, às 22h. R$ 40. 18 anos. Cap.: 180 pessoas.

TONO – Fazendo parte do projeto Verão Oi FM, a banda formada pelos músicos Rafael Rocha (voz e bateria), Bem Gil (voz e guitarra), Bruno Di Lullo (voz e baixo), Leandro Floresta (flauta e programações) e Ana Cláudia Lomelino (voz) faz o seu show logo depois do pôr-do-sol. Parque Garota de Ipanema, Arpoador. 5ª, às 19h. Grátis. Livre.

VEM NI MIM QUE SOU FACINHA – Fundado no ano 2000 pela jornalista Denise Barreto, os enredos do Facinha partem do conceito que se agregou à marca visual da personagem, criada pelo artista plástico norte-americano Johnathan Powk: uma mulher charmosa e curvilínea, fora dos padrões comuns da ditadura da beleza. Este ano, O bloco faz uma homenagem às vedetes. Far Up, Rua Voluntários da Pátria, 448, Humaitá (2286-2614). 4ª, às 21h. R$ 15. 18 anos. Cap.: 400 pessoas.