Copacabana espera duas mil pessoas para a Marcha das Vadias, no sábado

Grito a plenos pulmões

Neste fim de semana, a Marcha das Vadias vai tomar o calçadão de Copacabana. O protesto, que reúne o público feminino em torno da luta contra a violência sexual e agressão à mulher, terá concentração no posto 4, às 14h, no sábado, 2.

A estimativa é de que cerca de duas mil pessoas compareçam à passeata, que vai terminar com uma manifestação em frente a 12ª Delegacia de Polícia, em frente ao posto 2. A confecção de cartazes para o protesto será feita entre às 14h e 15h, horário em que também estão previstas atividades circenses, grafite e uma apresentação do Teatro dos Oprimidos.

Iniciativas similares já foram realizadas nos Estados Unidos, Austrália, Nova Zelândia, Grã-Bretanha, Holanda, Suécia, Argentina e Índia. No Brasil já aconteceram Marchas das Vadias em Brasília, Belo Horizonte, São Paulo, Florianópolis, Juiz de Fora, Recife, Fortaleza, Porto Alegre e Natal em meados de junho.

Segundo a deputada federal Jandira Feghali (PCdoB), redatora da lei Maria da Penha, a marcha é uma importante forma de mostrar a luta contra o preconceito.

“Essa história de querer culpar a mulher pelas ações de violência dos homens é um discurso que eu ouço há 30 anos”, afirmou. “A Marcha das Vadias é um protesto inteligente que se coloca contra o preconceito e o machismo que ainda perdura na cabeça de muitos”.

 

Festival gastronômico

A partir da próxima sexta, 8, o Festival Gastronômico de Búzios promete bons banquetes à beira-mar.  O circuito reúne 45 restaurantes da região, que servirão degustações de entradas (R$ 10), pratos (R$ 15) e sobremesas (R$ 10). Depois do festival, que vai até o dia 9, os menus criados para o evento serão servidos nos restaurantes locais até o dia 17, para dar chance a quem não pode ir à festa ou deseja repetir a dose.

Promoção de inverno

Para quem pragueja contra a estação mais fria do ano, vale relembrar que é no inverno que podemos comprar biquínis com preços mais em conta. Pode começar pela Lenny (Rua Visconde de Pirajá, 351, Ipanema), que está com liquidação aberta (veja foto).

E continua...

A Vix (Rua Visconde de Pirajá, 547, Ipanema), marca de beachwear da estilista Paula Hermanny, também apostou na estação e lançou sua primeira coleção de inverno. Além dos tradicionais biquínis e maiôs, as araras trazem também túnicas, caftans, vestidos, calças pareô, saias longas e tricôs que podem acompanhar as roupas de banho nos dias em que o sol teima em se esconder.