Brasileira de 14 anos fica em 5º na plataforma de 10 m

Atleta mais jovem do Brasil nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, Andressa Mendes representou bem o país na decisão da plataforma de 10 m, modalidade dos saltos ornamentais. Na noite desta quarta-feira, a competidora, de apenas 14 anos, terminou na quinta colocação com 279.95 pontos somados. 

O México conquistou o ouro e a prata com Paola Espinosa (370.60) e Tatiana Ortiz (369.05), respectivamente. A canadense Meaghan Benfeito (358.20) acabou com o bronze.

Competidora mais nova do Brasil no Pan-Americano, Andressa não demonstrou nervosismo em sua primeira grande competição. Com tranquilidade, a atleta, de apenas 1,43 m e 38 kg, se manteve na parte de cima da classificação, chegando a sonhar com a conquista de uma medalha. Entretanto, a competência da dupla mexicana e canadense (Roseline Filion acabou em quarto) impediu a caçula de subir no pódio.

No entanto, a disparidade técnica com as adversárias acabou distanciando a atleta de almejar o pódio. Apoiadas pela torcida em Guadalajara, as mexicanas brilharam e mantiveram uma grande regularidade durante a competição. Sem erros graves durante os saltos, Paola Espinosa e Tatiana Ortiz conseguiram superar as canadenses, também favoritas a brigar pelo lugar mais alto do pódio, e promover uma enorme festa do público.

O país ainda foi representado por mais uma saltadora nesta quarta-feira. Natali Cruz, de 18 anos, terminou na 12ª colocação, com 219.00 pontos conquistados durante a decisão da plataforma de 10 m.