Ouro no Rio 2007, brasileiro avança em 3º à final do wakeboard

Campeão pan-americano no Rio de Janeiro 2007, Marcelo Giardi, o Marreco, surge como um dos principais candidatos a subir ao pódio também nos Jogos de Guadalajara 2011. Ele chegou às finais da modalidade wakeboard do esqui aquático com o terceiro melhor resultado. A decisão acontece às 13h15 (de Brasília) do próximo domingo.

As semifinais da prova não eliminaram nenhum atleta. Todos os oito competidores que participaram das duas baterias disputadas nesta quinta-feira avançaram à decisão da medalha de ouro.

Entre eles, o mais bem colocado foi o canadense Aaron Christopher Rathy, que marcou 85 pontos. Na sequência apareceram o americano Andrew Scott Adkison (84,85) e Marreco (75,66).

Também entrarão em ação no domingo na pista de esqui aquático Boca Laguna, ilhota localizada a 40 km de Guadalajara, o argentino Alejo de Palma (66,23 pontos), o mexicano Jorge Enrique Garizurieta (57,34), o colombiano Juan Martín Velez (37,33), o equatoriano Jamie Geovanny Bazan (34,45) e o peruano Sebastian Harmsen (20).

Saiba mais sobre o esqui aquático

O esporte tem suas origens no início do século passado. A prática consiste em se manter em equilíbrio sobre os esquis que são guiados por uma lancha em velocidade em uma superfície aquática. Em nível competitivo são três modalidades básicas: slalom, no qual o esquiador deve passar por uma série de boias, contornando por fora; salto - ganha quem atingir a maior distância; e acrobacias, em que juízes dão notas aos saltos dos esquiadores que aproveitam uma série de rampas para realizar manobras.