Joanna vê chance de ouro menor para final dos 200 m medley

Prata nos 400 m medley, Joanna Maranhão foi realista ao analisar as chances de conquistar a medalha de ouro nos 200 m medley. Nesta terça-feira, ela se classificou para a final da categoria com o terceiro melhor tempo, mas terá competição complicada contra duas americanas: Julia Smit, a mais rápida da qualificação, e Whitney Myers.

"(A chance) é um pouco menor porque a Júlia é mais rápida do que eu, mas não tenho nada a perder", afirmou a nadadora, no Centro Aquático Scotiabank. "Me senti bem nadando, mas vamos ver mais tarde. A briga vai ser boa: vai ter duas americanas, eu e a canadense também", disse , em referência a Pierse Hanna.

As finais das provas de natação terão início às 22h (de Brasília). Joanna Maranhão conquistou a prata nos 400 m medley no sábado e, na segunda, foi à final dos 400 m. Apesar de não ter essa prova como especialidade, terminou em quarto. No Pan-Americano de Santo Domingo, em 2003, ficou com o bronze nos 400 m medley.