Thiago Pereira faz 2° melhor tempo e mantém busca a recorde

Com o segundo melhor tempo da qualificatória, o nadador Thiago Pereira garantiu, nesta segunda-feira, vaga na final dos 100 m costas dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara. Desta forma, o brasileiro mantém a busca ao recorde nacional de medalhas de ouro: é dono de oito, mas às 23h08 (de Brasília) pode se igualar a Hugo Hoyama se vencer novamente.

Na segunda série eliminatória, Thiago Pereira só foi mais lento que o americano Eugene Godsoe, que cravou 55s04. Com 55s50, o brasileiro avança de fase em boas condições de lutar pelo ouro, que seria a nona medalha dourada em Pan-Americanos. Isso igualaria um recorde: porta-bandeira na cerimônia de abertura em Guadalajara, Hugo Hoyama tem nove ouros, e ainda pode aumentar essa marca em 2011.

Só no Pan do Rio de Janeiro, em 2007, Thiago Pereira conquistou oito medalhas, sendo seis de ouro: 200 m e 400 m medley, 200 m costas, 200 m peito, 4x100 m e 4x200 m livre, prata nos 4x100 m medley e bronze nos 100 m costas. Quatro anos antes, em Santo Domingo, conquistou uma prata e um bronze. Em competições como Olimpíada e Mundial de Natação, no entanto, jamais chegou ao pódio.

Guilherme Guido também vai à final depois de fazer o quarto melhor tempo. Nadou a primeira série eliminatória e só não foi páreo para o americano David Russel, primeiro colocado. O brasileiro conseguiu tempo de 55s71, apenas 0s14 mais lento que o rival. Assim, a chance de uma dobradinha na final é grande.

Natural de Limeira, Guilherme Guido passou a infância competindo contra César Cielo, a quem vencia no nado livre. Com a evolução nas piscinas, escolheu o costas como estilo principal, enquanto o ex-rival se transformava no mais rápido do mundo. Tem se destacado mais nas provas de revezamento - no Mundial de Natação em Piscina Curta de Dubai, em 2010, conquistou medalha de bronze no 4x100 m.