"Novatas", brasileiras minimizam erro e projetam medalha em 2015

As brasileiras Clemilda Silva e Sumaia Ribeiro tomaram a eliminação na ciclismo feminino de velocidade por equipes, nesta segunda-feira, como um grande aprendizado. Elas foram desclassificadas por erro na primeira volta e estão fora da disputa pelo ouro nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara. O foco da dupla já está na próxima edição do evento, em 2015.

"Largamos mesmo para quebrar o gelo também, é uma prova que não é minha especialidade. Infelizmente tive uma falha, minha parceira gritou 'sobe' e eu subi, mas não era a hora", disse Clemilda, que abriu passagem para Sumaia antes de sua companheira completar a primeira volta, o que causou a eliminação da prova.

"Não seríamos as primeiras mesmo, mas estávamos com um bom tempo, na briga entre o 5º e 6º tempos. Mas isso é bom porque aprendemos um pouco, cada dia mais, e espero que no próximo (Pan) a gente possa lutar por medalha", complementou Clemilda. Sumaia também destacou a inexperiência e o improviso na performance brasileira.

"É a primeira vez que a gente faz com essa formação a prova de velocidade por equipe. Ela (Clemilda) é da prova de meio-fundo e eu sou velocista, então a gente quis cobrir uma vaga em que a gente possivelmente poderia trazer uma medalha", explicou a ciclista.

Agora, as atletas focam outras competições do ciclismo, tentando deixar para trás o fiasco na prova de velocidade. "Tenho agora que me concentrar, porque amanhã (terça-feira) é a perseguição por equipe, tenho que estar bem pra isso, tenho que estar concentrada", disse Clemilda.