Iziane quer mostrar basquete e levar o ouro em seu primeiro Pan

Jogadora do Atlanta Dream, Iziane Marques quer medalha de ouro em sua primeira participação nos Jogos Pan-americanos. A estrela brasileira na WNBA chegou no domingo com a delegação brasileira de basquete, que como os demais grupos numerosos que desembarcaram recentemente, está hospedado em um hotel e não na Vila Pan-Americana como os demais atletas. Ciente do favortismo do Brasil na competição, ela disse que veio para divulgar seu esporte, já que a seleção deve entrentar times fracos.

Segundo ela, os Jogos Pan-Americanos tem uma visibilidade muito grande no Brasil, por isso é importante para as jogadoras mostrar o basquete feminino para o povo, que tem qualidade. "É importante para ter pessoas que querem assistir, que queiram jogar, ser fãs, tietes, então essa é nossa mentalidade quando jogamos contra times mais fracos como os que vamos encontrar aqui", disse ela. No basquete, grande parte das seleções mais fortes vem para o Pan sem suas principais atletas, com um time composto de universitárias, como é o caso dos Estados Unidos.

A atleta não quis comentar suas dispensas de convocações passadas, disse que não há nenhuma situação nebulosa com a seleção e que veio para os Jogos Pan-americanos querendo o título: "se a gente é favorito, temos que buscar isso. Quero sair daqui vitoriosa, se temos condições, por que não?", desconversou. Iziane ficou afastada da Seleção desde que se desentendeu com o antigo técnico da Seleção, Paulo Bassul, por se recusar a entrar em quadra no Pré-Olímpico de 2008. Indicada por Carlos Nunes, presidente da Confederação Brasileira de Basquete (CBB), para comandar as categorias femininas em 2009, Hortência dispensou o treinador e reconduziu a jogadora à Seleção. No Pré-Olímpico de Neiva, em setembro, Iziane recusou a convocação do técnico Ênio Vecchi para defender a Seleção Brasileira, Mesmo não estando hospedada na Vila Pan-Americana, Iziane disse que esse é o grande "lance" dos Jogos Pan-Americano, esse entrosamento, de conhecer o pessoal do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), dos outros atletas brasileiros e de outros países também. Uma das mais famosas atletas da seleção brasileira de basquete, Iziane contou que já foi tietada até pelas atletas mexicanas, que pediram para tirar foto e disseram ser fã da brasileira.

O basquete feminino estreia no dia 21 de outubro, sábado, contra o Canadá.