Futebol feminino quer repetir Seleção de 70 em Guadalajara

 Quarenta e um anos depois da conquista do tricampeonato da Seleção Brasileira na Copa do México, as meninas do futebol feminino almejam seguir o mesmo caminho de Pelé e companhia. Se a medalha de ouro vier em Guadalajara, a equipe repetirá os feitos de Santo Domingo, em 2003 e Rio de Janeiro, em 2007.

Para a zagueira Tânia Maranhão, 37 anos, o Pan já começa com um grande desafio, que é enfrentar a Argentina logo na primeira partida. "Espero que Guadalajara traga sorte para a nossa equipe, assim como aconteceu com aquela histórica seleção de 70. Pegar a Argentina na estreia não será fácil, pois elas estão engasgadas com a gente após a derrota na final do Sul-Americano", disse.

O primeiro jogo da seleção feminina será nesta terça-feira às 20h (horário de Brasília), no estádio Omnilife. Além da Argentina, o grupo do Brasil conta ainda com a Costa Rica e Canadá.

Para manter a hegemonia no continente, o Brasil apostou em um elenco que mescla a juventude da nova geração e a experiência das jogadoras que têm levado o país às suas mais importantes conquistas internacionais. Além de Tânia Maranhão, o grupo conta com a meio-campo Maycon, 34 anos e a volante Formiga, 33 anos. Elas servem de base para as novatas Bia e Thaís, ambas com apenas 18 anos.

"Essa mescla é importante para qualquer grupo, em qualquer esporte. Será o alicerce para buscarmos o tricampeonato pan-americano e dar início à preparação visando aos Jogos Olímpicos de Londres em 2012", destacou o treinador Kleiton Lima.

Nos treinos realizados em Guadalajara, o grupo não sentiu o efeito da altitude e a grama sintética não deve ser motivo de preocupação. "Precisamos estar sempre atentas. A bola fica mais rápida. Por isso, as atacantes têm que acreditar sempre no rebote", disse a zagueira.

Mesmo com o favoritismo, Kleiton Lima ressalta a importância da concentração e destaca a Costa Rica como um adversário que pode gerar dificuldades. "Precisamos abrir o olho com o time delas. Várias jogadoras atuam nos Estados Unidos", falou.

O Brasil enfrenta a Costa Rica na quinta-feira e encerra a fase de grupos contra o Canadá, no dia 22 de outubro.