Brasileira "bate na trave" no desempate e é eliminada no tiro

A brasileira Roberta de Almeida ficou no "quase" nesta segunda-feira e não conseguiu se classificar à final do tiro na categoria carabina de ar 10 m. Ela terminou em oitavo a fase classificatória, empatada com outras seis atletas, mas não foi bem no desempate e terminou com a 11ª colocação - apenas as oito melhores avançam na briga pelo ouro.

"Estava um pouco nervosa, infelizmente não deu. Se tivesse acertado um dez ao invés de um nove no último tiro, eu teria ido à final. Fui para o desempate, mas também não deu certo. Meu objetivo era chegar à decisão, mas bati na trave. Gostaria de ter ido melhor", disse Roberta, frustrada com o resultado final.

Roberta fez 388 pontos na eliminatória. Sua compatriota Cristina de Mello não teve desempenho tão vistoso: terminou na 22ª colocação, com 383 pontos. A americana Emily Jean Caruso se classificou em primeiro lugar, com 396 pontos, seguida da cubana Eglys de la Cruz e da mexicana Rosa del Carmen Peña.