Brasileiro perde para bicampeão mundial e fica com o bronze no taekwondo

Em luta válida pela categoria de atletas até 58kg no taekwondo dos Jogos Pan-Americanos, o brasileiro Marcio Ferreira foi derrotado pelo mexicano Damian Alejandro Villa, bicampeão mundial da modalidade, com parciais de 17 a 9, e ficou com a medalha de bronze. O rival, por sua vez, disputará o ouro com o dominicano Yulis Gabriel Mercedes Reyes.

No primeiro round, o brasileiro foi penalizado em diversas ocasiões pela arbitragem - em uma delas, Marcio deu um chute na cabeça de Villa enquanto este estava desatento, e foi punido em três pontos. Por isso, o placar na etapa inicial acabou em 7 a 0 para o mexicano.

O segundo round começou com Villa dando um golpe baixo em Ferreira, mas não foi igualmente penalizado. O brasileiro, aguerrido, ia para cima do mexicano e buscava mais o ataque, mas não conseguia pontuar. O placar nessa etapa terminou em 11 a 5.

Marcio voltou com ainda mais vontade no round derradeiro e continuou ofensivo. Contudo, apesar da vontade exagerada, o brasileiro não conseguia diminuir a diferença estabelecida na etapa inicial. Ao contrário do mexicano, que quando conseguia encaixar um chute somava pontos e mostrava porque era o favorito à vitória. No final, o placar foi de 17 a 9 para o lutador local.

Na luta anterior, Yulis Gabriel Mercedes Reyes, da República Dominicana, foi extremamente superior ao rival cubano Frank Smel Diaz e derrotou o rival por 11 a 2, em combate realizado 15 minutos antes da luta do brasileiro. Agora, o dominicano disputa o ouro com o mexicano Damian Villa.