Vídeo: Bolsonaro critica Fiesp por articular manifesto pela democracia

Ocupante do Palácio do Planalto diz que o documento é 'lamentável', tem teor político e visa a defender candidatura de Lula

reprodução
Credit...reprodução

Jair Bolsonaro criticou o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Josué Gomes, por organizar um manifesto em defesa da democracia que reúne assinaturas de associações empresariais e da sociedade civil.

Bolsonaro disse que o documento tem teor político e visa defender a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). "É uma nota política em ano eleitoral”, disse Bolsonaro durante live transmitida nas redes sociais nessa quinta-feira (28), à noite.

O chefe do Executivo ainda chamou a postura do presidente da Fiesp de “lamentável”.

O manifesto “Em Defesa da Democracia e da Justiça” é o segundo documento público lançado em defesa da democracia após seguidos ataques de Jair Bolsonaro (PL) ao sistema eleitoral. Ex-alunos da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP), vão lançar também a “Carta às brasileiras e aos brasileiros em defesa do Estado Democrático de Direito” no próximo dia 11 de agosto.

 

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais