Bolsonaro não pode sair de casa, diz Anvisa

Agência sugere quarentena à comitiva do presidente após viagem aos EUA; todos tiveram contato direto com o infectado ministro Queiroga

Foto: AP Photo / Eraldo Peres
Credit...Foto: AP Photo / Eraldo Peres

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou nesta quarta (22) ter recomendado a todos os integrantes da comitiva de Bolsonaro que tiveram contato com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, o isolamento por 14 dias.

Queiroga foi diagnosticado com covid-19 em exame realizado nos EUA, fazendo com que a Anvisa emitisse orientações sanitárias que seguem as medidas protetivas no caso da pandemia.

De acordo com a Agência, as medidas devem ser seguidas por todos que tiveram contato com o ministro durante a viagem a Nova York, incluindo o presidente Jair Bolsonaro.

Entre as autoridades que tiveram contato próximo com Queiroga estão o presidente Jair Bolsonaro e os ministros Luiz Eduardo Ramos, Anderson Torres e Gilson Machado.

Devido ao ato irresponsável de Queiroga, ministro da Saúde, bem como do restante da comitiva brasileira, as demais delegações que estavam presentes na Assembleia Geral da ONU estão em alerta, checando quem teve contato com o ministro brasileiro.

Diplomatas brasileiros nos EUA classificam a presença da comitiva brasileira em Nova York como um grande fiasco e mau exemplo para o mundo. (com agência Sputnik Brasil)

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais