Maioria isenta Bolsonaro por mortes na pandemia, aprovação segue em maior nível, diz Datafolha

O percentual dos que avaliam Bolsonaro como ótimo ou bom se manteve nos mesmos 37% registrados no final de agosto

Foto: Reuters/Ueslei Marcelino
Credit...Foto: Reuters/Ueslei Marcelino

A maioria da população isenta o presidente Jair Bolsonaro de responsabilidade nas mais de 180 mil mortes causadas pela Covid-19 no Brasil e a aprovação do presidente se mantém em seu nível mais elevado, mostrou uma pesquisa Datafolha.

De acordo com o levantamento, o percentual dos que avaliam Bolsonaro como ótimo ou bom se manteve nos mesmos 37% registrados no final de agosto, enquanto os que o consideram ruim ou péssimo são 32%, ante 34%, e os que veem como regular somam 29%, ante 27%.

O levantamento mostrou ainda que 52% dos entrevistados acham que Bolsonaro não tem culpa nenhuma pelas mortes causadas pela pandemia no Brasil, ao passo que 38% entendem que ele é um dos culpados, mas não o principal, e 8% o apontam como principal culpado.

Apesar de a maioria isentar Bolsonaro de responsabilidade pelas mortes, o desempenho dele na pandemia do novo coronavírus é considerado ruim ou péssimo por 42% dos entrevistados, ante 43% em pesquisa realizado em agosto, ao passo que se manteve em 30% o percentual dos que avaliam a atuação de Bolsonaro na pandemia como ótimo ou bom. Os que veem como regular são 27%, ante 25% no levantamento anterior.

O Datafolha ouviu 2.016 pessoas via telefone celular entre os dias 8 e 10 de dezembro. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais.(com agência Reuters)