Após ser intimado a depor, Boulos diz que sonho de Bolsonaro é 'transformar PF numa Gestapo'

Macaque in the trees
Candidato a prefeito de São Paulo, Guilherme Boulos participa de ato político na Praça Roosevelt (Foto: Folhapress / Suamy Beydoun/Agif)

Guilherme Boulos (PSOL), ao criticar intimação da Polícia Federal para que explique postagens críticas ao presidente, disse que o "sonho" de Bolsonaro é "transformar a PF numa Gestapo".

O candidato a prefeito de São Paulo deverá prestar depoimento como parte de inquérito aberto no Departamento de Inteligência Policial (DIP), segundo a coluna de Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo. A Polícia Federal teria entrado em contato com os advogados de Boulos para intima-lo a depor sobre postagens contrárias a Bolsonaro.

Bolsonaro quer nos intimidar. Seu sonho é transformar a PF numa Gestapo. Não vamos permitir. Mais do que isso: vamos derrotar o bolsonarismo em SP e começar a virar esse jogo!

— Guilherme Boulos 50 (@GuilhermeBoulos) September 28, 2020
Por meio do Twitter, o político do PSOL disse que o presidente tentava "intimidar" sua campanha. Além disso, afirmou que Bolsonaro tinha o "sonho" de "transformar a PF numa Gestapo", a polícia secreta nazista.

Em outra postagem, Boulos afirmou que "Bolsonaro quer eleger [Celso] Russomano e acionou a PF pra tentar me intimidar". O presidente tem indicado que irá apoiar o candidato do Republicanos, que lidera as pesquisas para a prefeitura de São Paulo.

O candidato do PSOL aparece como o candidato da esquerda mais bem colocado nas pesquisas, atrás de Russomano e do atual prefeito da capital, Bruno Covas (PSDB).(com agência Sputnik Brasil)