'Como faz para um investidor olhar para um ministro desse?', diz Maia sobre Weintraub

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), criticou os ministros Ricardo Salles e Abraham Weintraub, que comandam as pastas do Meio Ambiente e da Educação, respectivamente.

Macaque in the trees
Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

"Como faz para um investidor olhar para um ministro da Educação desse?", disse Maia durante o evento do banco Credit Suisse nesta quarta-feira (29), em São Paulo.

"Nosso país não tem futuro, né? Não tem futuro. Parece um passado ruim, porque conseguiu fazer de um cara desse o ministro da Educação... que construção que nós tivemos", afirmou.

Sobre Salles, Maia afirmou que sempre que conhece parlamentares da Europa é questionado sobre a questão do meio ambiente brasileiro.

"Quando visitam o Brasil é a primeira pergunta que é feita. Não sei como vai fazer com o ministro do Meio Ambiente. Eu acho que, de alguma forma, ele perdeu as condições de ser o interlocutor. Ele radicalizou demais", disse o presidente da Câmara.

Maia também criticou o último secretário da Cultura, Roberto Alvim, que fez um vídeo com  trechos de um discurso nazista. "Ele passou de todos os limites. Foi inaceitável. Parabenizo o presidente [Jair Bolsonaro] pela rápida decisão. Ia gerar uma crítica muito grande." (Bruna Narciso/FolhaPressSNG)