Estamos à altura

.

A liberdade está
sempre em risco.
Edmund Burke

Em toda parte o sistema tecnológico impõe condições, encharca relações sociais, determina formas de pensar e de imaginar.

As emergências mais notáveis da cultura tecnológica configurada pela sociedade organizada em rede acontecem não só no nível do todo, mas também e sobretudo no nível dos indivíduos. A consciência de si apenas emerge nos indivíduos.

O sentido próprio que cada indivíduo tende a fazer valer em sua interação com os outros adota novas estratégias. Ampliam-se, na consciência de cada indivíduo, a diversidade e a multiplicidade das regulações da vida humana prática.

Atividade de consciência pode ser considerada como um aprendizado quando produz ampliação da experiência, aumento da interpretação dessa experiência, reforço da capacidade de inserir interpretações para orientar a vida prática.

Sempre há possibilidade de empreender diferentes cursos de ação nas relações sociais. Posso sempre contar com a experiência de ter aprendido com erros cometidos nas tentativas anteriores em que procurei fazer frente a diversos problemas.

Só a consciência de que vivemos um mundo de realidades possíveis que surgem com o nosso afazer de fato nos permite escolher que realidade queremos viver. A tão ansiada busca da liberdade está na conquista da autonomia reflexiva.

A modernidade não se identifica com determinada sociedade. Estamos à altura do enorme poder que temos nas mãos?

Engenheiro, é autor de "Por Inteiro" (Editora Multifoco, 2019)