Lula retoma agenda de visitas e recebe Haddad no Sindicato dos Metalúrgicos

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva descansou entre 2h30 e 7h desta sexta-feira (6) sozinho, em uma das salas da sede do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo, no ABC paulista. Lula foi para o local na noite desta quinta-feira (5), depois de o juiz Sérgio Moro ter decretado sua prisão. Por volta das 8h, tomava seu café da manhã em local privado, no segundo andar do prédio.

O ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, já chegou à sede do sindicato para conversar com Lula. 

Segundo a assessoria do ex-presidente, ele "acordou bem" e, ao longo da manhã, vai retomar a agenda de receber visitantes. Não há previsão de Lula conceder entrevista.

Apoiadores do petista fizeram vigília no local desde a noite de quinta-feira, após o anúncio do pedido de prisão. Na manhã desta sexta-feira (6), apoiadores também se reúnem em frente ao sindicato. 

A ex-presidente Dilma Rousseff, a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, e os candidatos à Presidência Guilherme Boulos (Psol) e Manuela D'Ávila (PC do B) estiveram no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC na noite desta quinta-feira, em apoio ao petista.

Fonte: Estadão Conteúdo

>> Sérgio Moro determina a prisão do ex-presidente Lula

>> Manifestantes ocupam ruas em torno do Sindicato dos Metalúrgicos em apoio a Lula

>> Mandado de prisão repercute na mídia internacional

>> Políticos e lideranças comentam ordem de prisão contra Lula