Fernando Henrique Cardoso diz que violência política é culpa de declarações desrespeitosas

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse à Folha de São Paulo nesta quinta-feira, 29, que episódios de violência política no País são acentuados por declarações desrespeitosas por parte dos agentes públicos.

"Está na hora de os líderes entenderem que suas palavras, principalmente as de desrespeito a decisões legais, têm consequências que podem ser ruinosas para a democracia", comentou o tucano.

FHC está em Londres, na Inglaterra, e, de acordo com a reportagem da Folha, disse ser complicado opinar acerca dos acontecimentos recentes, como os ataques à caravana do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Paraná. No entanto, Fernando Henrique crê que tais conflitos demonstram a necessidade de fortalecimento das instituições.

"Há tempos venho alertando sobre a radicalização crescente. Ou prestigiamos as instituições e a lei, ou nos arriscamos a ver o crescimento de 'chuvas de ovos'", afirmou, completando: "Ou, o que é pior, eventualmente, a ouvir tiros que podem atingir alguém", se referindo ao que ocorreu anteontem com a comitiva de Lula.