Informe JB: Brizola pode deixar o PDT

A reunião de amanhã do Diretório Nacional do PDT pode ser a última a testemunhar o discurso de um Brizola. No encontro, que entre outros temas debaterá a volta ou não de Anthony Garotinho ao partido, o ex-ministro do Trabalho Brizola Neto condicionará sua permanência no partido à filiação de, pelo menos, os dois filhos do governador: Clarissa e Wladimir. 

Brizola Neto já teve conversas com o PT, que pretendia lançá-lo candidato a deputado estadual, mas prefere ficar onde Garotinho está, de preferência, fazendo dobradinha com Clarissa como candidata a deputada estadual e ele candidato a deputado federal. Independente do resultado da reunião, já há uma certeza. Brizola Neto anunciou o retorno da Brizolândia, famoso ponto de encontro de admiradores do ex-governador Leonel Brizola, que dessa vez será itinerante, percorrendo toda a região metropolitana do Rio. A direção regional do PDT não quer acusar o golpe. 

E comemora um lote de novos filiados como os deputados Chico D´ângelo e  Hugo Leal, que foi escanteado pelo PSB que o substituiu na presidência do partido pelo recém-filiado Alessandro Molon, além do ex-prefeito de Caxias Alexandre Cardoso. O clima do encontro promete ser pesado.

* A versão completa da coluna de hoje você poderá ver as 15h aqui mesmo na edição digital do jornal

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais