Temporais no Sudeste vão aumentar nos próximos dias

Chuva chega ao ES e ao norte de MG no último fim de semana de 2017. ASAS enfraquece

A última semana de 2017 está sendo marcada por temporais em vários estados da Região Sudeste . Os mais recentes que ocorreram a noite da quarta-feira, 27 de dezembro, despejaram 57 mm de chuva em apenas 2 horas sobre Barbacena, na Zona da Mata de Minas Gerais, 34 mm em 1 hora em São Sebastião do Paraíso, no Sul de Minas, 32 mm em 1 hora em Dracena, no oeste de São Paulo e quase 30 mm em Paraty, no litoral sul do Rio de Janeiro.

Tecnicamente 20 mm em 1 hora já é chuva forte. Estes foram só alguns exemplos da violência com que a chuva vem caindo em áreas do Sudeste. Não é chuva generaliza, mas uma grande quantidade em pouco tempo e em pequenas áreas, o que em geral provoca alagamentos repentinos.

Até agora, o Espírito Santo e o norte de Minas Gerais foram poupados dos temporais, pois ficaram "protegidos" com a forte influência da ASAS - alta pressão (atmosférica) do Atlântico Sul. A recente passagem de uma frente fria pelo litoral de São Paulo e do Rio de Janeiro colaborou para o aumento da quantidade de pancadas de chuva sobre São Paulo, no Rio de Janeiro e no centro-sul e oeste de Minas Gerais.

ASAS enfraquece

Nesta quinta-feira, a ASAS perde força sobre o Espírito Santo e o norte de Minas Gerais . Algumas pancadas de chuva já poderão ocorrer a partir da tarde no sul capixaba e nas áreas ao sul do Vale do Rio Doce. Mas o sol forte e o calorão continuam em todas estas regiões.

Na sexta-feira, 29 de dezembro, as condições para chuva aumentamum pouco mais no Espírito Santo e sobre o norte e leste de Minas Gerais, mas é no fim de semana, o último de 2017, que as pancadas de chuva voltarão a ocorrer nestas áreas do Sudeste. Há risco de temporais no fim de semana que promete ser ainda bastante abafado. A chuva poderá será forte também na Grande Vitória e na Grande Belo Horizonte.

Baixa pressão

A preocupação é grande com o grande volume de chuva estimado para o estado do Rio de Janeiro, para o centro-sul e oeste de Minas Gerais e para o estado de São Paulo . Todas estas áreas já estão muito úmidas e a previsão é de que fluxo de ar quente e úmido fique ainda mais intenso no fim de semana. Além disso, a pressão atmosférica estará em queda nos próximos dias. Baixa pressão do ar, muita umidade e calor são os ingredientes básicos para a formação das grandes nuvens que provocam os temporais.

Mesmo com a expectativa de várias horas com sol e tempo seco, há previsão de fortes pancadas de chuva para esta quinta-feira e também para a sexta-feira, 29 de dezembro nestas regiões, que podem ocorrer também no Grande Rio e na Grande São Paulo .

O risco tempestades e a preocupação com danos provocados por eles será muito maior no sábado e no domingo. O último fim de semana de 2017 será de alerta para chuva forte e volumosa s obre o estado do Rio de Janeiro, incluindo a região serrana e Baixada Fluminense, para o centro-sul e oeste de Minas Gerais e para todo o estado de São Paulo .