DF: homem é preso acusado de filmar estupro coletivo de menina de 11 anos

A Polícia Civil do Distrito Federal prendeu um homem de 20 anos acusado de “comandar” e filmar o estupro coletivo de uma menina de 11 anos. O crime aconteceu no Recanto das Emas, na última terça-feira (10), e foi denunciado pela mãe da criança. O estupro teria sido praticados por quatro menores de idade, que também foram detidos no mesmo dia.

O homem foi preso preventivamente por decisão do Tribunal de Justiça do DF. Ele deve ser mantido no Complexo Penitenciário da Papuda até o julgamento. 

“Para agravar ainda mais o contexto, as relações foram filmadas, vilipendiando a imagem da vítima. Nesse sentido, a medida extrema se faz necessária para garantir a ordem pública, freando o ímpeto criminoso do autuado”, diz a decisão do Núcleo de Audiências de Custódia.

A criança passou por exames, tomou medicamentos e está recebendo apoio de psicólogos. O registro policial aponta que a vítima teria ido até o local do crime para fumar narguilé. Lá, teria sido cercada e obrigada a praticar sexo com os quatro adolescentes, com idades entre 13 e 17 anos. O homem de 20 anos filmou o ato, e também é acusado de estuprar a criança.

Ele vai responder pelos crimes de estupro de vulnerável e de exploração sexual de menor. As penas variam de 9 a 19 anos. Os menores foram apreendidos e encaminhados à Delegacia da Criança e do Adolescente.