Brasil é líder em ranking de propina nos Estados Unidos

Pela primeira vez, o Brasil lidera um ranking elaborado nos Estados Unidos de empresas globais investigadas naquele país sob suspeita de pagar propina no exterior. O O ranking é feito por um site especializado nessa legislação, chamada de FCPA (Foreign Corruption Practices Act). 

O Brasil é mencionado 19 vezes como o país em que empresas que operam globalmente pagaram propina no ranking. A China, segunda colocada na tabela, aparece com 17 menções, enquanto o Iraque está em terceiro lugar, com oito citações. As informações são da Folha de S. Paulo.

Desde 2015, o número de menções ao Brasil praticamente dobrou, de 10 para 19. Os dados foram extraídos de investigações do Departamento de Justiça dos Estados Unidos, equivalente ao Ministério da Justiça brasileiro, e da SEC (Securities and Exchange Commission), o órgão que regula o mercado de capitais naquele país e corresponde à CVM (Comissão de Valores Mobiliários).