Lava Jato: STJ arquiva inquérito contra Tião Viana

A Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) arquivou nesta quarta-feira (5) inquérito aberto no âmbito da Operação Lava Jato que apurava o envolvimento do governador do Acre, Tião Viana, em crimes contra a administração pública e lavagem de ativos.

O arquivamento foi solicitado pelo Ministério Público Federal (MPF) devido à falta de provas contra o governador. No requerimento, a então vice-procuradora-geral da República, Ela Wiecko de Castilho, disse que ao longo da investigação não foram encontradas provas de envolvimento de Tião Viana com a origem dos R$ 300 mil doados à campanha.

O relator do inquérito, ministro Luis Felipe Salomão, disse que, em casos como este, não há como não acolher o pedido do MPF. O ministro lembrou que, segundo a jurisprudência da Corte, o arquivamento deve ser acolhido sem que se questione o mérito da avaliação feita pelo titular da ação penal, que é o Ministério Público.