Aécio diz que impeachment 'não é dia de comemorações'

O senador Aécio Neves (PSDB-MG), que enfrentou a presidente Dilma Rousseff no segundo turno das eleições de 2014, afirmou que hoje "não é dia de comemorações", referindo-se à votação do processo de impeachment.    "Não é dia de comemorações, mas de absoluta responsabilidade para todos nós. Se, de um lado, os que a partir de hoje serão oposição já escolheram a narrativa do golpe, a nossa não pode ser outra senão a reconstrução do país", comentou.