Homem mantém funcionária de loja de chocolates como refém na Av. Paulista

Um homem que teria problemas mentais manteve uma funcionária de uma loja de chocolates na Avenida Paulista, no Centro de São Paulo, como refém, com uma faca posicionada na altura do pescoço no final da manhã deste sábado (9). Ela foi liberada por volta das 13h40, sem ferimentos, após negociações com policiais do Gate. O suspeito foi levado ao 65º DP. 

Uma outra funcionária também foi feita de refém, e foi libertada antes. Os policiais do Gate acompanhavam a situação desde as 11h30. 

Há informações de que o homem esteve no Terminal Rodoviário do Tietê durante a madrugada, onde deu sete facadas em um segurança, que não corre perigo de vida. 

A Avenida Paulista chegou a ficar interditada no sentido Paraíso.