Obras de saneamento em Rondonópolis terão novos R$ 14,2 milhões

Estima-se que 32,4 mil famílias sejam beneficiadas com as obras de saneamento na região

As obras de ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário (SES) de Rondonópolis (MT) vão receber R$ 14,2 milhões do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). O contrato de repasse foi assinado pelo ministro das Cidades, Gilberto Kassab, nesta sexta-feira (8). Ele ressaltou que o objetivo do governo federal é universalizar do tratamento de esgoto em todo o País.

“Esse recurso contribuirá, junto com outras intervenções, para que o município amplie os serviços oferecidos à população. O Brasil tem feito melhorias no saneamento com percentuais do orçamento que há muito tempo não fazia”, ressaltou Kassab.

As intervenções autorizadas abrangem a construção de 73,1 quilômetros de rede coletora, 61,5 quilômetros de rede condominial, uma estação elevatória, 1,3 quilômetros de linha de recalque e 2.540 ligações prediais. Estima-se que 32.400 famílias sejam beneficiadas com as obras de saneamento na região.

Investimentos

Desde 2003, o governo federal, por meio do Ministério das Cidades, possui uma carteira de investimentos de R$ 1,2 bilhão em Rondonópolis, sendo R$ 226,99 milhões em saneamento ambiental. No Estado de Mato Grosso, o montante é de R$ 10,17 bilhões. Desse total, R$ 1,57 bilhão em saneamento. No Brasil, os valores ultrapassam a R$ 561,12 bilhões.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais