São Paulo registra chuva de um mês em apenas 24 horas

O volume de chuvas que caiu desde a noite desta quinta-feira (10) na região metropolitana de São Paulo foi maior que o previsto para um mês na região. De acordo com o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC), nas últimas 48 horas choveu 184 milímetros (mm) na região e nas últimas 24 horas o registro chegou a 168 mm. Segundo a média histórica dos últimos 30 anos, o esperado para todo o mês de março na região metropolitana de São Paulo era 140 mm.

As chuvas fortes foram provocadas por uma faixa de nebulosidade que se estende desde a região Norte do país, passando pelo Centro-Oeste e Sudeste. O sistema meteorológico é chamado de Zona de Convergência do Atlântico Sul. Também foi registrado um sistema frontal atuando próximo à costa, que favoreceu a convergência de umidade na região, principalmente no litoral.

Segundo o CPTEC, a banda de nebulosidade está se deslocando lentamente para o estado do Rio de Janeiro. “A partir desta sexta-feira (11), as chuvas começam a diminuir em São Paulo. A atenção maior será no Vale do Paraíba, Rio de Janeiro e Minas Gerais”, informou a meteorologista do CPTEC Marília Guedes do Nascimento.

Pelo menos 16 pessoas morreram em decorrência da chuva que atingiu a região metropolitana de São Paulo desde noite de ontem.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais