Jandira Feghali divulga nota sobre vídeo de Lula

A deputada federal Jandira Feghali (PCdoB/RJ) divulgou nota nesta sexta-feira (11) sobre o vídeo polêmico em que o ex-presidente Lula aparece supostamente falando sobre o processo do qual é alvo.

A deputada destaca que o ex-presidente Lula não se referiu ao processo, "mas sim ao acervo presidencial."  Jandira afirma ainda que pedido de prisão preventiva do ex-presidente Lula não tem qualquer base legal.

Veja a nota:

NOTA

O pedido de prisão preventiva do ex-presidente Lula não tem qualquer base legal que o sustente. Não passa de um amontoado de inconsistências coroadas pelo item 127, que trata de vídeo por mim gravado. Sobre isso tenho a dizer que:

1. O ex-presidente Lula não dava, naquele momento, declaração à mim. Ele também não se dirigia ao público, não se tratava de uma coletiva;

2. Lula estava entre amigos, desabafando sobre as ilegalidades cometidas contra ele quando, para tranquilizar a militância, gravei um vídeo sem a intenção de captá-lo, o que acabou acontecendo sem seu conhecimento. 

3. Lula usou expressão informal em sua conversa;

4. O ex-presidente Lula não se referiu ao processo, mas sim ao acervo presidencial. 

5. Indignação não é crime. O uso do vídeo mostra a má fé e a falta de qualquer prova contra ele.

Jandira Feghali

Deputada federal (PCdoB/RJ)

 

  

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais