Governo brasileiro condena ataques na Tunísia

Em nota divulgada nesta terça-feira (8), o governo brasileiro condena, "nos mais fortes termos", os ataques ocorridos ontem (7) na cidade tunisiana de Ben Guerdane, na fronteira com a Líbia, que causaram a morte de pelo menos sete civis e nove membros das forças de segurança tunisianas.

"Ao manifestar sua solidariedade aos familiares das vítimas, bem como ao governo e ao povo tunisiano, o Brasil reitera firme repúdio a todos os atos de terrorismo, praticados sob quaisquer pretextos".

De acordo com a nota, o governo brasileiro reafirma confiança na força da democracia tunisiana e em sua capacidade de fazer frente ao recrudescimento do extremismo e da intolerância na região.

O ataque em Ben Guerdane, executado a partir do território líbio, demonstra a urgência da formação de um governo de unidade nacional, conforme previsto no Acordo Político Líbio assinado em dezembro de 2015, capaz de combater o avanço de grupos extremistas no país.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais