Manifestantes protestam contra Eduardo Cunha na Cinelândia

Manifestantes se concentraram na Cinelândia, no Centro do Rio, na noite desta sexta-feira (17/07) para protestar contra o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que realizou um pronunciamento em rede nacional às 20h30. 

Integrantes da CUT (Central Única dos Trabalhadores) fizeram discursos e gritavam palavras de ordem contra o político, que se declarou oficialmente contra o governo Dilma nesta sexta-feira. 

Cunha, anunciou rompimento com o governo e disse que, como político, vai tentar no congresso do partido, em setembro, convencer a legenda a seguir o mesmo caminho. Cunha disse que, apesar da decisão, vai manter a condução da Câmara dos Deputados "com independência".

Na véspera, as declarações de Eduardo Cunha no balanço sobre os primeiros seis meses de trabalho da Câmara neste ano geraram críticas entre os parlamentares, que se reuniram no Salão Verde da Casa para fazer críticas à gestão do peemedebista.

Um documento assinado por parlamentares traz quinze pontos sobre os seis meses do Legislativo. A bancada do Psol e deputados do PSB, PPS, PDT e PROS consideraram que predominou na Câmara uma agenda autoritária e conservadora, administrada por um presidente que provocou uma grave redução da democracia no Parlamento.

O vice-líder do governo na Câmara, Sílvio Costa (PSC-PE), disse nesta sexta-feira (17) que pedirá o afastamento temporário de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) do cargo de presidente da Câmara.

Segundo ele, Cunha não tem condições morais de continuar no comando da Casa.

Ainda nesta sexta-feira, Cunha autorizou o funcionamento da CPI do BNDES e o ato de criação foi lido em sessão realizada durante a tarde.


>> Vice-líder do governo na Câmara pedirá afastamento temporário de Cunha

>> Delator diz que Eduardo Cunha pediu US$ 5 milhões em propina

>> Eduardo Cunha anuncia rompimento político com governo

>> Cunha autoriza criação de CPIs para investigar BNDES e fundos de pensão

>> Cunha destaca número de projetos aprovados em pronunciamento na TV