Malas suspeitas são abandonadas em frente ao Palácio do Planalto

Três malas suspeitas foram abandonadas na tarde deste quarta-feira em frente ao Palácio do Planalto, em Brasília. Homens do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar (Bope) foram acionados para o local. A presidente Dilma Rousseff estava no prédio quando as malas foram deixadas próximo à rampa principal.

Inicialmente, uma faixa de trânsito foi isolada para o trabalho do Bope. Quatro seguranças da Presidência estavam próximos ao local para impedir a passagem de pessoas. Por volta das 15h40, todo o trânsito em frente ao Palácio do Planalto foi bloqueado. 

Por volta das 16h15, um robô da Polícia Militar foi preparado para verificar o conteúdo das malas. Depois de 35 minutos, o robô terminou de vasculhar a primeira mochila e não encontrou objetos ou substâncias suspeitos.

Servidores do Judiciário que protestavam na Praça dos Três Poderes furaram o bloqueio da Polícia Militar, derrubaram a cerca de metal colocada pela segurança da Presidência e chegaram próximo às malas. Em seguida, policiais e seguranças foram em direção aos manifestantes e houve confronto.