Começa primeira reunião ministerial do segundo mandato de Dilma

Presidente pede aos ministros que trabalhem muito e defende as medidas de ajuste

A presidente Dilma Rousseff já está reunida com os 39 ministros na Granja do Torto. É a primeira reunião ministerial do segundo mandato. Entre os assuntos, a crise hídrica que parte do país enfrenta e as recentes medidas econômicas anunciadas pelo governo. Na abertura do encontro, a presidente pediu aos ministros que trabalhem muito, para dar sequência ao projeto político implantado em 2003, responsável pelo crescimento do Brasil. Ela também defendeu as medidas econômicas anunciadas pelo governo no mês passado. Dilma também afirmou que a situação “atingiu o limite” e precisou adotar “medidas corretivas” para o reequilíbrio fiscal da economia. Segundo a presidente, o objetivo é estimular o crescimento do emprego e renda dos brasileiros.

Inicialmente, a reunião estava marcada para o Salão Oval do Palácio do Planalto. Na segunda-feira (26), a Secretaria de Imprensa da Presidência informou que a reunião foi transferida para a Granja do Torto, que fica nos arredores de Brasília.

Desde o início do novo mandato, Dilma recebe com frequência ministros no Palácio do Planalto, mas esta será a primeira vez que toda a equipe estará reunida para um encontro de trabalho.

As manifestações de Dilma este ano foram por meio de notas distribuídas pela Secretaria de Imprensa da Presidência da República, como a mensagem de solidariedade após o atentando contra o semanário francês Charlie Hebdo, a tentativa de salvar da pena de morte o brasileiro Marco Archer Cardoso Moreira, preso na Indonésia, além de notas de pesar.

Esta semana, Dilma viaja para a Costa Rica, onde, nos dias 28 e 29, em San José, participa da Cúpula de Chefes de Estado e de Governo da Comunidade de Estados Latino-americanos e Caribenhos (Celac).