SP: homem é preso por abusar de afilhado com deficiência mental

Tonimar Casemiro Rodrigues da Silva, de 58 anos, foi preso em Ibitinga, interior de São Paulo, acusado de abusar sexualmente do afilhado, Marcos Vasconcellos, 22, que possui deficiência mental. A mãe do rapaz, Roseli Aparecida Martins, 47, também foi detida por permitir que os abusos acontecessem. 

De acordo com o investigador da Polícia Civil da cidade, Marcos morava com a irmã, mas passava os finais de semana com a mãe e o padrasto. Na casa do casal foram encontrados vídeos em que estavam registradas cenas dos crimes. Ela foi levada para a cadeia feminina de Fernando Prestes e ele foi transferido para uma penitenciária de Jaboticabal. Os materiais apreendidos foram encaminhados ao Instituto de Criminalística de Araraquara. 

A denúncia foi feita por um primo da vítima que soube dos fatos após questionar o rapaz se algo de estranho estava acontecendo. A polícia investigou durante alguns dias e prendeu os suspeitos na residência deles, no Jardim Rafaela.

Segundo o delegado Carlos Alberto Ocon de Oliveira, os abusos eram praticados pelo padrasto com a permissão da mãe. A mulher confessou e disse que permitia porque tinha medo do companheiro, contra o qual já havia registrado boletim de ocorrência por agressão. Na delegacia, disse ainda "amar muito o filho". Já o padrasto negou participação. O caso foi registrado como estupro de vulnerável.

Na casa também foram encontrados e apreendidos câmera de vídeo, celulares, tripé, pendrives, computadores e diversos materiais pornográficos. Tudo estava em quarto da casa que só o suspeito tinha acesso. O jovem será submetido a exames no Instituto Médico Legal (IML).