Chuvas provocam alagamento em municípios catarinenses

As fortes chuvas em Santa Catarina nos últimos dias deixaram municípios alagados e a Secretaria de Defesa Civil do estado alerta que, mesmo com a melhora do tempo, ainda há riscos de deslizamentos de terra em algumas regiões e de inundações em localidades do Alto Vale do Itajaí.

Chove no estado desde a quinta-feira (25), mas ela intensificou-se entre a madrugada de domingo (28) e segunda-feira (29) o que provocou a elevação no nível de água de rios, de acordo com a Defesa Civil. A previsão é de melhoria do tempo nos próximos dias.

Em municípios como Dionísio e Rio do Sul, famílias foram encaminhadas para abrigos como medida preventiva devido a cheia dos rios. Em Lajes, algumas pessoas permaneceram em abrigos, mas já retornaram para casa.

As regiões onde ainda há risco de deslizamentos são: Extremo-Oeste, Oeste, Meio-Oeste, Planalto Norte e Alto Vale do Itajaí. Avaliação feita pela Defesa Civil, às 7h desta quarta-feira, mostra que em Rio do Sul o nível do rio continua subindo devido à chuva durante a madrugada e, por isso, a situação é mais crítica. Em Taió, a situação era de cota de alerta. A perspectiva é que nas duas localidades a água dos rios parem de subir nas próximas horas com o cessar das chuvas, de acordo com a Defesa Civil.

No Vale do Rio do Peixe, a leitura das 6h verificou aumento no nível da água no rio com cota de alerta e se estabilizando.

A previsão do tempo do Epagri/Ciram para hoje é de chuvas e nuvens na manhã com melhora entre a tarde e a noite em todo o estado. Entre amanhã (2) e sábado (4) a previsão é de tempo seco com sol em Santa Catarina com temperatura em elevação, diminuindo ao fim do dia. No sábado, há chance de chuva fraca entre a Grande Florianópolis e o Litoral Norte no início e fim do dia.

A Secretaria de Defesa Civil de Santa Catarina recomenda que a população evite o contato com as águas paradas e que as pessoas dirijam em lugares alagados. Também alerta para o cuidado com crianças próximas de rios e ribeirões. No caso de tempestades com descargas elétricas, vento e granizo, a recomendação é de não transitar em locais abertos, próximo a árvores e objetos que possam ser arremessados.  Em regiões onde há risco de deslizamento, sinais como inclinação de postes, árvores e rachaduras devem ser observadas como indicativo de movimento de terra.