Jornal: à espera de laudos, Fifa pode tirar abertura da Copa de São Paulo

Com o objetivo de eliminar riscos para a organização da Copa do Mundo de 2014, a Fifa aguarda laudos do acidente na Arena Corinthians que, na quarta-feira, vitimou duas pessoas para determinar se o jogo de abertura da competição será mantida no estádio paulistano, de acordo com informações publicadas nesta sexta-feira pelo jornal O Estado de S. Paulo.

A preocupação da Fifa reside também no calendário, já que a apuração da tragédia deve atrasar o cronograma – inicialmente, a Arena Corinthians seria entregue em janeiro de 2014. O estádio receberia um trecho de arquibancadas extra para atender as requisitos da Fifa, aumentando a capacidade para 62 mil pessoas.

Em caso de preocupação com atrasos, segundo a publicação, a Fifa considera a ideia de abandonar essa ampliação, o que faria com que São Paulo perdesse não somente o jogo de abertura, mas também uma das semifinais. Assim, receberia quatro dos 64 jogos da Copa do Mundo, nenhum deles da Seleção Brasileira.

A avaliação da Fifa, de acordo com o jornal, é de que não seria difícil transferir partidas de São Paulo para Rio de Janeiro, Brasília ou Belo Horizonte. Oficialmente, a entidade não se posicionou sobre o assunto, à espera dos laudos sobre a tragédia ocorrida na quarta-feira.