Senadores rejeitam o voto aberto para todas as decisões do Legislativo

Por 46 a 41, os senadores rejeitaram a manutenção no texto-base da PEC do Voto Aberto dos artigos que proíbiam o voto secreto nas deliberações do Congresso Nacional, da Câmara dos Deputados e do Senado Federal e que estendia a proibição às Assembleias Legislativas dos Estados, à Câmara Legislativa do Distrito Federal e às Câmaras Municipais. Para que essa parte do texto fosse mantida, eram necessários 49 votos "sim".

O senador Romero Jucá (PMDB-RR) foi o autor do pedido de destaque para retirar essa parte da PEC.

Os senadores precisam votar ainda o último destaque. É o que pede para retirar o exame de autoridades da PEC do Voto Aberto.