Paralisação deixa cerca de 1 milhão sem transporte público no DF

Os rodoviários do Distrito Federal fazem nesta terça-feira uma paralisação de 24 horas em protesto às possíveis demissões que serão causadas pela renovação da frota. De acordo com o Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans), cerca de 1 milhão de usuários dependem dos ônibus diariamente.

Segundo a assessoria de imprensa do Sindicato dos Rodoviários (Sittrater), a adesão é de 100%. Os 11 mil trabalhadores só devem voltar ao serviço às 5h de quarta-feira. Além de assegurar a recolocação dos funcionários nas novas empresas que irão assumir o transporte público no DF, a categoria reivindica aumento real para os trabalhadores. De acordo com o Sittrater, só houve até o momento 6,68% de reajuste, que equivale à inflação.

Conforme a DFTrans, circulam 3,5 mil ônibus por dia no Distrito Federal. Para amenizar os transtornos, as linhas do metrô foram reforçadas.