BA: três irmãos são presos suspeitos de matar homem e balear grávida

?A Polícia Civil da Bahia prendeu na tarde de sexta-feira três irmãos suspeitos de assassinar um homem e ferir uma grávida em Lauro de Freitas. Davi Manoel de Souza Filho, o “Peito de Pombo”, 24 anos, foragido do sistema prisional, e seus irmãos Denilson, 26 anos, e Daniel, 28 anos, foram presos em duas cidades. Segundo a polícia, eles teriam matado Fábio Santos Machado, 34 anos, e tentado assassinar Aurelina Evangelista dos Santos Nascimento Neta, a “Gaza”, 34 anos, grávida de nove meses. A prisão do trio foi divulgada nesta segunda-feira.

O crime aconteceu na noite do dia 15 de novembro, após uma briga entre Fábio e Denilson, dentro da casa de um sobrinho de Fábio, na rua San Martins, na Vila Praiana, em Lauro de Freitas. Policiais da 23ª Delegacia Territorial (DT) cumpriram o mandado de prisão preventiva de Daniel em Lauro de Freitas. Denilson e David foram presos na cidade de Mata de São João.

Depois de interrogados, os três irmãos, todos envolvidos com o tráfico de drogas, foram encaminhados nesta segunda-feira ao Presídio de Lauro de Freitas. Beneficiado por um indulto de Natal, Davi saiu da unidade prisional em dezembro de 2012, e não mais retornou.

O crime

Segundo a polícia, durante uma seresta, na noite do feriado da Proclamação da República, em Lauro de Freitas, Fábio se desentendeu com Denilson quando ele ergueu seu enteado de nove anos pelo braço e o sacudiu incessantemente. Eles entraram em luta corporal e, ao tentar apartar a briga, Daniel foi ferido por Fábio com duas garrafadas. O agressor fugiu para a casa de um sobrinho, conhecido como Martinho, na Vila Praiana.

Como vingança, Daniel e Denilson se aliaram ao irmão presidiário e, juntos, invadiram a residência de Martinho. Conforme a polícia, armado com um revólver calibre 38, David disparou vários tiros contra Fábio, que morreu no local. Um dos disparos atingiu Aurelina de raspão na testa. Levada para um hospital, a mulher passa bem e não teve a gravidez comprometida.