Sobe para sete número de mortos em naufrágio no Amapá

Subiu para sete o número de mortos no naufrágio da embarcação Reis I, na manhã deste sábado, durante o Círio Fluvial, no Amapá. O comandante do barco, Reginaldo dos Reis, foi uma das vítimas.

O acidente ocorreu na orla de Macapá, próximo ao Farol da Praticagem. Segundo a Capitania dos Portos, o barco tinha capacidade para 40 pessoas, mas levava cerca de 100 fiéis no momento do naufrágio.

A procissão marítima, com cerca de 50 barcos, deixou o Porto do Grego, no município de Santana, por volta de 7h30 deste sábado, em direção a Macapá, num percurso de pouco mais de 2h30.

Ainda segundo a Capitania, a embarcação tinha sido devidamente fiscalizada e estava com os documentos necessários. As razões do acidente ainda são desconhecidas. 

De acordo com a capitã-tenente da Capitania dos Portos, Ivone de Oliveira Freitas, o corpo do comandante foi encontrado preso no maquinário da embarcação. Duas vítimas também foram encontradas sem vida. As outras quatro pessoas chegaram a ser levadas ao hospital, sendo que uma delas morreu no percurso.

Segundo a Capitania dos Portos, a área em que o acidente aconteceu era de baixa profundidade, não havia vento forte e o tempo era estável.

A maioria das vítimas foi resgatada no local por outras pessoas que participavam do evento, assim como por fiscais que estavam na área.