Central de atendimento à mulher recebe 32 mil trotes do mesmo homem

A Central de Atendimento à Mulher (Ligue 180) recebeu 32 mil trotes de um mesmo homem no primeiro semestre de 2013. A Secretaria de Políticas para Mulheres da Presidência da República prepara campanhas para a conscientização do serviço.

“São trotes de voz de adolescentes que ligam de orelhão e também trotes de adultos bastante indecorosos. Um só ligou 32 mil vezes, a mesma pessoa. Nós estamos preparando campanha para as escolas, divulgação do 180, e de uma conscientização da importância desse serviço”, disse a ministra Eleonora Menicucci.

No primeiro semestre de 2013, o Ligue 180 atingiu 306.201 registros. A SPM não contabilizou o total de trotes, mas registrou o número de ligações realizadas por um homem a partir de um mesmo número.

A SPM ainda não identificou quem é o autor das ligações, pela necessidade de uma ordem judicial para chegar ao responsável pelos trotes. Com a transformação do programa para “Disque 180”, até o fim do ano, a denúncia formal pelas ligações indesejadas poderá ser feita de forma mais rápida.

O governo federal investe R$ 25 milhões para melhorar a central de atendimento à mulher, redirecionando chamadas ao 180 direto para a Polícia Civil ou para o Ministério Público. A ideia foi anunciada em abril. Hoje, a pasta disse que o projeto está em fase de licitação e deve entrar em vigor até dezembro.