Manicure é presa na Bahia por jogar ácido no rosto de cunhado

?A manicure Vanessa Oliveira Victor de Jesus, 24 anos, foi presa preventivamente na manhã de quarta-feira em sua residência no Alto da Bola, bairro Federação, na capital baiana. No dia 21 de abril deste ano, ela jogou ácido muriático (a versão comercial do ácido clorídrico) no rosto do cunhado, o almoxarife Luís Carlos da Silva Santos, 30. Vanessa é casada há quatro anos com o irmão da vítima.  

Segundo a delegada Jussara Souza, a manicure disse que jogou o ácido porque fora xingada por ele. No entanto, uma testemunha ouvida durante as investigações declarou que Vanessa atirou o produto no cunhado sem nenhum motivo aparente. O ácido tinha sido comprado para limpeza da casa. 

Santos foi socorrido ao Hospital Geral do Estado (HGE). Ele foi submetido a três cirurgias reparadoras e teve alta médica.

O almoxarife contou à polícia que tinha acabado de retirar a água acumulada com a chuva na laje de sua casa quando, passando em frente à porta da casa de Vanessa, foi surpreendido com o ácido jogado por ela em seu rosto. Santos e o irmão moram em casas geminadas no mesmo terreno. 

Segundo as investigações, há seis anos a manicure foi denunciada na Delegacia de Repressão a Crimes Contra a Criança e o Adolescente (Dercca), por jogar ácido também em uma adolescente, na época com 15 anos, depois de uma discussão. Indiciada por lesão corporal gravíssima, Vanessa foi encaminhada ao Complexo Penitenciário da Mata Escura.