Dilma critica médicos e defende o programa Mais Médicos

A presidente Dilma Rousseff voltou a defender nesta quarta-feira, durante uma visita ao Rio Grande do Norte, o programa Mais Médicos, proposto pelo governo federal, e criticou os médicos. "Uma pessoa me disse 'o médico não me toca'. Ela queria que o médico tocasse nela. O médico é um elemento fundamental", afirmou Dilma em entrevista às rádios locais, segundo o Palácio do Planalto. Dilma ressaltou que o governo investe na ampliação dos postos de saúde existentes no país e na instalação de novas unidades.

"Eu respeito muito os médicos brasileiros, porque eles têm toda uma trajetória, mas essa é a realidade, temos que trazer médicos para atender a população com qualidade", discursou a presidente. 

Ela participa nesta quarta-feira da inauguração de três unidades do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), onde entrega diplomas a 4,5 mil alunos que fizeram cursos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).