Índios e ativistas fazem marcha em Brasília

Cerca de mil pessoas, segundo a Polícia Militar do Distrito Federal, entre ativistas, quilombolas e índios de diversas etnias, marcharam pela Esplanada dos Ministérios no fim da tarde desta terça-feira (01/10), em ato contra as violações dos direitos territoriais das populações indígenas. Diferentes lideranças de vários estados estão acampadas no canteiro central da esplanada em uma semana de protestos.

A marcha começou às 16h50, a partir do acampamento, passou pelo Ministério da Saúde, o Palácio do Itamarati, contornou o Congresso Nacional pela Praça dos Três Poderes, e seguiu até o Ministério da Justiça com término de volta ao acampamento. Os manifestantes traziam faixas com palavras de ordem e criticavam especialmente a PEC 215, que está em tramitação na Câmara dos Deputados.

O protesto faz parte da Mobilização Nacional em Defesa da Constituição Federal, convocada pela Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib), com o apoio de diversos movimentos sociais, visando a defender a Constituição, os direitos de povos indígenas e tradicionais e o meio ambiente.