PM é condenado a 8 meses de prisão por explosões de caixas

Um policial militar foi condenado pela Justiça de São Paulo a 8 anos e 11 meses de prisão por envolvimento com uma quadrilha que praticava furtos de caixas eletrônicos no município de Boituva, a 116 quilômetros da capital paulista. O PM Elton Ferreira do Nascimento foi considerado culpado pelos crimes de expor a perigo a vida, a integridade física ou o patrimônio de outrem, mediante explosão e por posse ilegal de munição de uso restrito.

A sentença foi expedida nesta segunda-feira pela 2ª Vara Criminal de Boituva, que também condenou outros dois réus. Fernando Alves de Almeida Júnior e Rogério Caetano de Araújo foram condenados respectivamente a 7 anos e 6 anos de reclusão, em regime inicial fechado, ambos pelo crime de furto a caixa eletrônico e de exposição a risco da vida e do patrimônio alheios por explosão. Condenado na Justiça comum, Nascimento ainda responde pelo crime de furto na Justiça Militar.